Adoção de animais aumenta no Brasil durante a pandemia

In Geral

Segundo a UIPA, as adoções de cães e gatos aumentaram em 400% só em São Paulo, sendo que a adoção superou a compra.

Cristina Levano

As adoções de pet estão em crescimento no período da pandemia do Covid- 19. De acordo com uma pesquisa feita pelo Radar Pet 2021, com parceria da COMAC (Comissão de Animais de Companhia) apresentada pela SIDAN, o número de animais de companhia nos lares brasileiros aumentou cerca de 30% neste período. 

As aulas virtuais e o home office se tornaram o novo estilo de vida de milhões de estudantes e trabalhadores há dois anos. A Mars Petcare, uma empresa de alimentos de pets, fez uma pesquisa inédita que descobriu que a presença de animais trouxe benefícios no momento de  aprendizagem das crianças e jovens.

Os dados recolhidos revelaram que 77% dos pais ou responsáveis asseguram que o filho ficava mais motivado para estudar com a presença do seu animal de estimação. A empresa explicou a importância desse processo em uma entrevista para a Extra Globo . “Os pets têm ocupado um papel cada vez mais importante dentro das famílias, principalmente por causa das mudanças de hábitos que afetam grande parte da população, incluindo as crianças”, afirmou Sheila Guebara, diretora de assuntos corporativos da Mars Petcare do Brasil.

Experiências de adoção

Ingrid Barbosa, que adotou uma gata filhote em outubro de 2020, afirmou que para ela esses anos de pandemia teriam sido muito mais duros sem sua primeira gata. Mesmo que sua família não quisesse mais algum animal, ela decidiu adotar. Isso levou Ingrid a adotar novamente em 2021. 

A professora ainda conta que ter o amor de um pet é fundamental para o seu humor. “Poder fazer carinho num animal e ter o carinho dele de volta é muito especial. Eu me divirto com as travessuras delas, converso e canto pra elas, levo para passear, são parte da família mesmo”, relata. 

Em uma entrevista para o portal jornalístico Repórter Unesp, a médica veterinária Ana Lúcia Ferreira explica que adotar um animal de estimação pode mudar a vida de alguém, especialmente no âmbito psicológico. Em sua clínica, que fica em Santo André-SP, ela já presenciou melhoras nos casos depressivos, ânimo aos idosos e um companheiro para crianças autistas ou muito tímidas. 

A estudante Thalia Pinho concorda com a Ana Lúcia e também adotou um gatinho alguns meses atrás. Ela passou por um processo de mudança, no qual teve que deixar seus pets, mas entendo a importância da companhia, ela foi em busca da adoção de um novo “amigo”.”Ter um pet me ajuda a lidar com várias coisas como a minha ansiedade que gera procrastinação, cuidar de um pet é ter uma responsabilidade de alimentar, dar banho, recolher as sujeirinhas que ele faz, monitorá-lo”, ressalta. 

Adote também

Se você tem interesse em adotar um pet, confira alguns sites que dão essa alternativa:
Amor em Patas
Adote Petz
Equipe de Abandono
Anjos de Patas
Amor de Bicho

You may also read!

Estrangeiros vieram mais ao Brasil

Entrada de estrangeiros no Brasil é 60% maior que em 2021

Embratur indica que as viagens de estrangeiros no Brasil e na América Latina devem voltar aos níveis pré-pandemia até

Read More...
buraco atacama

Buraco de 200 metros de profundidade surge no deserto do Atacama

Autoridades começaram as investigações de um buraco gigante que surgiu em uma região de mineração no norte do Chile.

Read More...
Jô Soares morre

Jô Soares morre aos 84 anos

O apresentador Jô Soares foi internado para tratar uma pneumonia e faleceu na madrugada desta sexta-feira Paula Orling O

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu