Dia do Psicólogo

In Geral

No dia 27 de agosto de 1962 foi aprovada a lei que regulamentou a profissão, formalizando a criação dos cursos de psicologia

Kelyse Rodrigues

O Dia do Psicólogo é comemorado no dia 27 de agosto em homenagem ao profissional responsável por estudar a mente e o comportamento do ser humano. A aprovação da regulamentação foi realizada nesta data no ano de 1962. O profissional atua de maneira que possa ajudar outras pessoas a se sentirem melhor, sem fazer com que suas ideologias atrapalhem o tratamento do paciente. Com a lei eles obtiveram direitos na sua profissão, e buscam melhor cada vez mais.

O psicólogo em muitos momentos é confundido com o psiquiatra e terapeuta, mas cada um tem suas funções e áreas especificas. O profissional atua de maneira direita com o pensamento e comportamentos de seu paciente. Já psiquiatra atua em áreas de depressão, ansiedade etc, porém com medicamentos. O terapeuta pode ter outra profissão, mas ser formado em terapia.

O psicólogo tem suas ideologias, ideias, conceitos, religião etc. No tratamento ele deve ser cuidadoso, pois irá cuidar de pessoas com pensamentos, comportamentos, diferentes do que ele pensa e age. O profissional deve ter uma postura ética e utilizar suas ideologias para o bem do paciente só quando necessário. “Se o psicólogo age com preconceito ou muito baseado nas suas próprias teorias ele vai acabar prejudicando muitas vezes o atendimento. Na medida do possível creio ser ético ele ousar das suas ideologias, do que estudou sempre pro bem do paciente”, argumenta a psicóloga Ana Carolina da Silva.

A regulamentação da profissão traz direitos ao psicólogo, mas em algumas áreas os profissionais buscam e lutam ainda por questões ligadas à carga horária e salários. Não existe um piso salarial, nem carga horária definidas, apenas projetos. O reconhecimento da sociedade também é essencial, pois existem grupos e pessoas que veem a profissão como desnecessária, pensam que é “frescura” das pessoas que buscam tais profissionais.

No tratamento, o paciente deve se sentir à vontade para conversar.“Nós psicólogos recebemos instrução, temos dentro de nossa formação matérias que focam no desenvolvimento de vínculo, nesse acolhimento inicial que nós precisamos ter pra que essas pessoas se sintam seguras”, destaca o psicólogo Eduardo Araújo. O processo de tratamento de um paciente é feito principalmente através do vínculo criado entre o profissional e a pessoa, assim o psicólogo desempenhará da melhor maneira o atendimento. “É preciso que haja o estabelecimento de um veículo terapêutico de segurança e confiança entre o profissional e paciente” explica a psicóloga e enfermeira Marilza Amaral.

*Foto: Freepik

You may also read!

Aulas suspensas em SP

Hellen Piris Centros educativos públicos e particulares do estado de São Paulo suspendem gradativamente suas atividades a partir de

Read More...

Coreia do Sul registra transmissões e mortalidade mínimas de COVID-19

Ana Clara Silveira A Coreia do Sul registra uma taxa de transmissões e mortalidade mínima comparada a outros países.

Read More...

Ato pró-governo acontece em cidades do Brasil e contraria recomendações médicas

Gabriel Buss Contrariando as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS), manifestantes foram às

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu