Em clima de Olimpíadas: atletas entram em reta final de preparação

In Esportes, Geral
Bandeira das Olimpíadas em uma pista de atletismo

Faltando dois meses para as Olimpíadas, atletas aumentam o ritmo dos treinos em meio a pandemia.

Lucas Rafael

Atletas de todo o mundo estão com um único foco: Tóquio 2021. A rotina inclui treinos físicos intensos, preparação técnica e acadêmica. O acompanhamento de especialistas também é uma prioridade para o atleta se preparar para a conquista do tão sonhado ouro olímpico.

Em meio a pandemia e o lockdown, a adaptação virou um pré-requisito para buscar um melhor condicionamento físico na competição. Icaro Miguel, atleta de taekwondo da Seleção Brasileira conta como foi sua experiência. “Assim que eu consegui a vaga olímpica, os centros de treinamentos do Brasil entraram em lockdown, então tivemos que nos adaptar. Alugamos uma chácara em uma ação em conjunto com a confederação da minha equipe e ficamos lá isolados em treinamento por quase seis meses.”

O Comitê Olímpico do Brasil apresentou um programa emergencial de apoio ao sistema olímpico para auxiliar os treinos. Esse projeto tinha como objetivo enviar os atletas olímpicos para a Europa, para assim, retomar os treinamentos de maneira segura e em alto nível.  Hugo Hoyama, técnico da Seleção Brasileira feminina de tênis de mesa, explicou como o projeto o ajudou a passar pela pandemia. “Entre agosto e setembro de 2020 a gente pode ficar um mês treinando em Portugal. Essa experiência, mesmo que por pouco tempo, foi boa para aliviar a cabeça, depois de ficar só treinando em casa. Aproveitamos muito bem o tempo em que estivemos lá”, comentou.

Protocolos dos Jogos Olímpicos 

Apesar de médicos e especialistas serem contra a realização do evento, autoridades esportivas e o governo japonês decidiram manter os jogos. Em uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa de Imprensa do Japão mostrou que a população teme a realização por conta da segurança sanitária.

A partir da pesquisa realizada, o Comitê Olímpico Internacional tem criado medidas de restrições para que o torneio aconteça. Uma das restrições é a proibição de torcedores estrangeiros, a medida foi tomada para evitar que variantes da Covid-19 cheguem ao país.

O primeiro dia de revezamento da tocha olímpica não será aberto ao público, mas haverá transmissão online, dessa maneira o momento mais marcante das olimpíadas seguirá normalmente, o fogo percorrerá o país sem risco de contaminação.

You may also read!

Desnutrição infantil atinge população.

Fome no Brasil promove alerta sobre as consequências da desnutrição infantil

Diante do cenário de fome crescente no Brasil, pesquisas revelam como a desnutrição infantil afeta as demais etapas da

Read More...
Sessões terão apoio da ANS

ANS retira limite de sessões com fisioterapeutas, psicólogos e outros

A decisão sobre as sessões impacta a usuários de planos de saúde. Lucas Pazzaglini A Agência Nacional de Saúde

Read More...
Plástico é produto de difícil reciclagem

No more plastic! Canadá proíbe a produção e importação de plásticos de uso único

A nova regulamentação entrará em vigor a partir de dezembro de 2022. Cristina Levano O governo canadense apresentou as

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu