Engenheiro Coelho sedia encontro do Conselho de Desenvolvimento da RMC

In Ano Zero

Unasp é ponto de encontro para tratar temas como violência contra a mulher e emprego por meio do turismo

José Eduardo Lopes

O Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), em Engenheiro Coelho, sediou a 182ª Reunião dos Membros do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (RMC) nesta terça-feira, 21. O evento reuniu representantes dos 20 municípios que fazem parte da região. Representantes do Estado também marcaram presença para discutir e apresentar projetos que visam à melhoria da metrópole.

Os projetos em discussão são colocados em prática pela Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp) e tem o propósito de elevar a qualidade da região para sua população, além de gerar progresso através do trabalho conjunto entre as cidades. “Através dessa integração se discute os problemas e se faz propostas de projetos. Todos esses projetos têm retorno à população”, conclui Ester Viana, diretora executiva da Agemcamp e secretária executiva do Conselho.

Por ocorrer em março, mês de comemoração do dia internacional da mulher, foram apresentados Projetos Metropolitanos de Defesa dos Direitos da Mulher. É uma tendência que algumas cidades adotam para a interação dos esforços da segurança pública relacionados ao resguardo da integridade física e moral da mulher. Os municípios de Campinas, Monte Mor e Santa Bárbara D’Oeste são referências e já realizam esses projetos.

O programa Monte Morense, que será votado na próxima segunda-feira, 27, veio em forma de lei para que fosse perpetuado no município e instituído em parcerias com o Ministério Público, Secretaria de Saúde e Secretaria de Assistência Social. O programa fomenta, através de serviços sociais, a realização de atividades reflexivas, educativas e pedagógicas voltadas ao tratamento do agressor.

O evento também contou com a presença da única representante feminina da câmara de Santa Bárbara D’Oeste, a vereadora Germina Dottori. Ela  expôs a necessidade de ações que previnam novas agressões. O projeto “Guarda Municipal Amigo da Mulher”, realizado na cidade de Campinas, divulga o direito da mulher a uma vida sem qualquer tipo de violência. Na cidade da vereadora, o projeto de lei “Anjo da Guarda da Mulher” tem o mesmo intuito.

A Guarda Municipal tem o papel de proteger e acolher as vítimas de qualquer ameaça. “A lei Maria da Penha é ótima, porém necessita-se de mais”, propõe Germina. O projeto realizará estudos para a melhora e a criação de políticas públicas de segurança que busquem prevenir e combater a violência contra as mulheres. A vereadora ressaltou também a necessidade de um tratamento humanizado direcionado às vítimas.

A palavra foi aberta também para o Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Laércio Benko. Ele destacou o poder turístico da região e apresentou o projeto “Municípios de Interesse Turístico”. Os 140 municípios que apresentarem uma série de condições elevadas de potencial turístico receberão ajuda do Fundo de Melhoria dos Municípios, ou seja, a cada 3 cidades, 1 receberá recursos para o desenvolvimento do turismo. As três melhores avaliadas pela Secretaria de Turismo se tornarão Estância Turística.

O Secretário assegura que isso vai gerar uma competição sadia e constante para todo o Estado de São Paulo, pois incentivará o turismo e a geração de empregos. “O desenvolvimento do turismo é a forma de criar oportunidades de trabalho e distribuir renda no século XXI. Não há como imaginar o aumento do faturamento sem aumentar o número de empregados”, finaliza Laércio.

 

Crédito da imagem: Misael Cunha

 

You may also read!

buraco atacama

Buraco de 200 metros de profundidade surge no deserto do Atacama

Autoridades começaram as investigações de um buraco gigante que surgiu em uma região de mineração no norte do Chile.

Read More...
Jô Soares morre

Jô Soares morre aos 84 anos

O apresentador Jô Soares foi internado para tratar uma pneumonia e faleceu na madrugada desta sexta-feira Paula Orling O

Read More...
Censo atingirá milhões de brasileiros

Censo 2022 tem início e atingirá mais de 70 milhões de domicílios

Recenseadores começaram o trabalho no dia 1º de agosto e o serviço tem previsão de término até o início

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu