Estado de São Paulo cresce cada vez mais no mercado de franquias

In Economia

Os setores que mais crescem são os de beleza, serviços automotivos e alimentação.

Em meio à crise, o número de novos contratos aumentou, e o estado de São Paulo foi uma das regiões com a taxa de crescimento mais significativa. Sem dúvida 2016 foi um ano desafiador para muitos brasileiros. Mas, mesmo com toda a recessão econômica do país, o mercado de franquias manteve sua prosperidade. Para esse ano, a expectativa não é diferente. A motorista Andreia Lima perdeu o emprego no ano passado e resolveu ser motorista por causa da difícil recolocação no mercado de trabalho. “Fiquei desempregada no mês de julho de 2016 e não consegui uma recolocação no mercado de trabalho devido à crise, por isso decidi fazer parte dessa empresa”, justifica.

Não basta adotar o modelo de franquias para fazer sucesso, é preciso ter um produto que se diferencie do resto, principalmente no treinamento com os seus franqueados. “É uma empresa que ajuda seus parceiros, com facilidade no cadastro, além de oferecerem cursos para atualizações e nos incentivarem”, declara o franqueado de serviços automotivos, Fabiano Francisco. Patrícia Marucci Paiotti, investidora no mercado da beleza, também acredita que o apoio da empresa é importante. “O reconhecimento que a empresa me proporciona, as relações que eu estabeleço e agrego por conta da minha consultoria fazem toda a diferença em minha vida profissional e enquanto empreendedora”, pondera

Conversar com outros franqueados e ex-franqueados do mesmo empreendimento também é uma dica valiosa. Foram esses os passos seguidos pela Patrícia, que, depois de muita pesquisa, resolveu investir em uma franquia voltada para a beleza. “Conversei com a consultora que me iniciou e procurei informações na rede”, conta

No interior de São Paulo esse cenário é ainda mais promissor. O destaque para o interior ocorre porque muitas marcas eram encontradas apenas na capital. O setor de franquia cresceu mais de 8% no ano passado. A revendedora Doralice Oliveira orienta que não existe um prazo de retorno ideal. “Considere quanto tempo você pode se manter antes de retirar o dinheiro do seu bolso e isso depende do seu trabalho e do seu envolvimento com o negócio”, afirma.

Link da imagem: https://goo.gl/ArfJ5z

You may also read!

Ex-ministro da Cultura repercute saída de Regina Duarte

Marcelo Caleiro vê como “capítulo triste” a passagem da atriz pela Secretaria da Cultura Gabriel Buss (Redação PolitiBuzz) O

Read More...

Ministério da Saúde autoriza uso de Cloroquina em todos os casos da covid-19

Autorização foi assinada pelo ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello Gabriel Buss (Redação PolitiBuzz) Como prometido pelo presidente Jair

Read More...

Regina Duarte deixa a Secretaria da Cultura

Atriz sai após dois meses na pasta, e vai comandar a Cinemateca brasileira Gabriel Buss (Redação PolitiBuzz) O presidente

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu