Estado do Rio de Janeiro desobriga o uso de máscaras em locais fechados

In Geral, Saúde

Decreto que dá autonomia aos municípios do estado do Rio em relação ao uso da máscara é sancionado. 

Milla Katherinne

O uso de máscaras deixou de ser obrigatório no município do Rio de Janeiro nesta última segunda-feira (7). O decreto do Governador Cláudio Duarte sanciona a isenção do uso de máscaras em qualquer ambiente das cidades, aberto ou fechado, que até o momento se aplicava apenas para os espaços abertos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde da cidade do Rio de Janeiro, atualmente o número de pacientes internados por Covid-19 representa 1% dos hospitalizados em toda rede pública da capital. Essa foi a principal influência para a tomada da decisão, “outros fatores foram levados em conta, como a cobertura vacinal e a queda no número de casos novos, internações e óbitos”, afirma Cláudia Mello, médica infectologista.

De acordo com dados dos governos estaduais, ao menos 6 capitais e o Distrito Federal, já flexibilizaram o uso da máscara em locais abertos, mas até a presente data, apenas a capital fluminense desobriga o uso em locais fechados.

A Dra. Cláudia Mello reforça que a autonomia de cada cidade deverá ser respeitada, mas teria sido mais prudente acabar com a obrigatoriedade do uso de máscaras apenas em ambientes abertos, como foi o caso do estado de São Paulo.

População carioca se preocupa com possíveis consequências da flexibilização 

Diante da realidade do dia-a-dia carioca, com transportes públicos lotados, e demais aglomerações, a população da capital tem se questionado se tal decisão do governo não seria precipitada. 

“Admito que no momento atual eu me sinto tranquilo para flexibilizar o uso de máscaras em locais abertos, contudo, me preocupo com relação a ambientes fechados e com grande número de pessoas”,  afirma o carioca Leonardo Silva.

A Dra. Cláudia acrescenta que “no nosso cotidiano, passamos por diversas situações onde o distanciamento social não pode ser mantido, principalmente em ambientes fechados, como no transporte público.” 

Empresa de ônibus no Rio emite nota de alerta

A empresa Rio Ônibus, responsável pelo transporte rodoviário do Rio, em nota emitida, afirma que “O Rio Ônibus respeita a decisão das autoridades competentes, mas recomenda aos passageiros que continuem utilizando máscaras e que mantenham a higienização das mãos durante e após uso do transporte público.”

Para o carioca Leonardo “os problemas em relação ao transporte público são crônicos no Rio de Janeiro.” A Dra. Cláudia complementa afirmando que “a baixa ventilação dos ambientes fechados, também é um fator que aumenta a chance da transmissão da doença e é de difícil avaliação.” 

Além dos transportes públicos, a vacinação infantil é pauta importante diante o decreto do Governador, já que elas ainda não foram vacinadas e se encontram aglomeradas nas escolas, sem o equipamento de proteção.

Especialistas recomendam cuidados necessários

A Dra. Cláudia Mello apresenta as principais recomendações à população. “Se protejam e se previnam…manter os cuidados essenciais: distanciamento físico, evitar aglomerações, garantir boa ventilação em espaços fechados, higiene de mãos frequente”, enfatiza. 

Para Cláudia, é importante que as pessoas doentes mantenham isolamento até que recebam orientações de um serviço de saúde. É necessário testar para covid-19 e sempre cobrir o rosto com um lenço ou cotovelo ao tossir e espirrar. Além disso, se for preciso sair de casa, o ideal é que o façam usando máscara para proteger as outras pessoas.

A infectologista finaliza lembrando que cada indivíduo pode decidir seguir com o uso de máscaras sempre que estiver com dúvidas ou se sentir inseguro quanto à transmissão de covid-19 em qualquer ambiente.

You may also read!

Estrangeiros vieram mais ao Brasil

Entrada de estrangeiros no Brasil é 60% maior que em 2021

Embratur indica que as viagens de estrangeiros no Brasil e na América Latina devem voltar aos níveis pré-pandemia até

Read More...
buraco atacama

Buraco de 200 metros de profundidade surge no deserto do Atacama

Autoridades começaram as investigações de um buraco gigante que surgiu em uma região de mineração no norte do Chile.

Read More...
Jô Soares morre

Jô Soares morre aos 84 anos

O apresentador Jô Soares foi internado para tratar uma pneumonia e faleceu na madrugada desta sexta-feira Paula Orling O

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu