Estudantes enfrentam dificuldades para ingressar em uma faculdade

In Educação, Geral
Estudantes têm dificuldade para entrar em faculdade

Segundo a Associação Brasileira de Mantenedores de Ensino Superior (ABMES), expandir o acesso ao ensino superior é um grande desafio.

 Juliete Caetano

De acordo com o Plano Nacional de Educação (PNE) alunos ainda enfrentam dificuldades em ter acesso a uma faculdade. Apesar dos grandes projetos governamentais, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o cenário ainda precisa mudar. A meta do PNE é elevar a taxa bruta de matrícula na educação em 50% até 2024.

Muitos estudantes terminam o ensino médio sem expectativas de fazer uma faculdade. Dois grandes fatores que explicam esse cenário são a dificuldade para alcançar uma nota alta para ganhar uma bolsa integral ou entrar em uma faculdade particular e não conseguir arcar com os gastos necessários.

Gustavo Luis, professor de geografia, comenta sobre a importância de projetos como esses. Na maior parte das vezes, esses projetos são a esperança de conseguir tornar-se um universitário. “O governo é fundamental para tudo relacionado a educação, ele é um dos maiores financiadores dos estudos, conseguindo assim dar as condições necessárias aos professores para que seja transmitido de forma adequada o conteúdo a ser abordado, o programa universidade para todos (Prouni) e Enem também facilitam ao estudante a entrada em uma universidade, principalmente para aqueles que não tem condições de arcar com uma”, destaca.  

A estudante de Publicidade e Propaganda, Audria Mascarenhas, comenta sobre os desafios nessa nova fase. “A minha maior dificuldade para ingressar no ensino superior foi não ter tido um ensino mais abrangente durante o ensino básico e médio, então, eu não tive tantas oportunidades durante esse período em comparação a outros que estudaram em escolas particulares onde o ensino é mais completo”, ressalta. 

O assistente de gestão, Nilton Ferreira, destaca a relevância de consciência de estudo. “Muitas coisas ainda precisam melhorar na educação do ensino médio, melhorias no corpo docente, estímulo ao jovem, ressaltar a importância do sistema integral, e colocar na cabeça dos jovens que eles são os protagonistas, com escolas equipadas e a preparação dos professores, sabendo a importância do apoio entre família e escola, tudo isso faz parte da melhoria escolar”, destaca. “Estão havendo muitos cortes no investimento que deveria ser feito na educação, sem esses investimentos fica muito difícil. É essencial o saneamento básico, a saúde, a infraestrutura, todos esses precisam de investimento, e com a educação não é diferente”, conclui Nilton.

You may also read!

Desnutrição infantil atinge população.

Fome no Brasil promove alerta sobre as consequências da desnutrição infantil

Diante do cenário de fome crescente no Brasil, pesquisas revelam como a desnutrição infantil afeta as demais etapas da

Read More...
Sessões terão apoio da ANS

ANS retira limite de sessões com fisioterapeutas, psicólogos e outros

A decisão sobre as sessões impacta a usuários de planos de saúde. Lucas Pazzaglini A Agência Nacional de Saúde

Read More...
Plástico é produto de difícil reciclagem

No more plastic! Canadá proíbe a produção e importação de plásticos de uso único

A nova regulamentação entrará em vigor a partir de dezembro de 2022. Cristina Levano O governo canadense apresentou as

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu