Longos períodos sentado aumentam risco de morte

In Geral, Saúde

Em escritórios e trabalhos que exigem longo período sentado são necessários cuidados simples, mas especiais

Kelyse Rodrigues

Passar horas sentado parece um hábito natural do dia a dia, porém, muitos não sabem e não percebem o quão perigoso isso pode ser para a saúde, podendo aumentar o risco de morte. Mesmo pessoas ativas e que praticam atividades físicas são atingidas por esse perigo. O conforto de cadeiras no ambiente de trabalho pode não deixar transparecer o problema, mas algumas mudanças simples de hábito podem ajudar nisso.

Para evitar uma morte prematura o correto é se movimentar a cada trinta minutos, andar um pouco durante uns cinco minutos, ajudando a movimentar a circulação. Hábitos simples que vão ajudar a evitar problemas de saúde. Com o decorrer dos anos, ao envelhecer, as funções físicas e mentais diminuem de ritmo, o que promove mais o sedentarismo. Com uma prática constante e diária todos os dias de tentar se movimentar, os anos de vida podem ser prolongados.

Passar muitas horas sentado reduz a expectativa de vida, porque o corpo liga o “modo repouso” e a taxa metabólica cai. A ausência prolongada da movimentação dos músculos da perna após trinta minutos ligam este modo.  Quando se está em pé isso não acontece, pois o músculo permanece rígido, sendo assim, consome mais energia. Além disso, uma pessoa quando está em pé tende a se movimentar, mesmo que involuntariamente.

Pessoas sedentárias e que passam longos períodos sentados têm risco de morrer antes do que aquelas que as que fazem o contrário. As chances são 40% a mais de morrer por qualquer causa em comparação às ativas. Segundo pesquisa, a cada hora que se passa sentado reduz 21 minutos de expectativa de vida. Para quem precisa passar horas sentado, alguns hábitos devem ser incluídos na rotina. A fisioterapeuta Márcia Viana dá dicas de como colocar em prática. “Mudança de hábitos do dia a dia e inclusão da atividade física sempre. A mudança de comportamento conecta a atividade e até o hábito de comer melhor”, recomenda.

Mesmo pessoas que praticam exercícios em outros momentos do dia são prejudicadas. Um dos riscos adquiridos ao passar longos períodos sentado é a obesidade, pois o metabolismo fica mais lento e a queima calórica é mais baixa. Passar muito tempo sentado gera um comportamento que favorece a ganha de peso.

O médico Érico Rolvare, especialista em Medicina Preventiva, explica como devem ser os cuidados. “A cada uma hora sentada, deve-se levantar e caminhar por pelo menos uns dez minutos e hidratar-se bem para manter a fluidez sanguínea adequada”, aconselha. O médico também alerta às mulheres que tomem cuidado com o uso de anticoncepcionais à base de estrogênio, pois aumenta problemas circulatórios.

*Foto: https://goo.gl/RsPpA8

You may also read!

Onda de Calor atinge a Europa

Onda de calor atinge Europa e causa mortes

As temperaturas anormais da onda de calor provocaram incêndios, óbitos e enfermidades. Bruna Moledo Uma onda de calor inédita

Read More...
Dia dos Pais é comemorado neste fim de semana

Dia dos Pais: 8 ideias para você comemorar com o seu paizão

Saiba como celebrar com seu pai nesse dia especial Lucas Pazzaglini O Dia dos Pais está chegando e talvez

Read More...
Dependentes de Nicotina recebem ajuda do SUS

SUS proporciona campanha de tratamento para dependentes de nicotina

Promovido pelo Ministério da Saúde e Instituto Nacional do Câncer, o projeto visa auxiliar a comunidade dependente por meio

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu