Matemáticos e cientistas comemoram o Dia do Pi

In Ciência e Tecnologia, Geral

Data coincide com aniversário do físico Albert Einstein, criador da teoria da relatividade. 

Ana Beatriz Toyota

Hoje, 14 de março, é comemorado o “Dia do Pi”. Usado para calcular círculos, arcos e pêndulos, o Pi começou a ser estudado desde a Grécia Antiga pelo matemático Arquimedes. A data festiva marca o 34º aniversário desde a primeira celebração. O evento pioneiro foi dirigido pelo físico Larry Shaw na cidade de São Francisco, Califórnia. 

O algoritmo é representado pela 16ª letra do alfabeto grego, e desde sua descoberta chama a atenção por sua peculiaridade e importância. A data comemorativa é compatível com o nascimento do físico Albert Einstein (1879), e o dia da morte de Stephen Hawking (2018), dois grandes nomes da matemática. 

História e uso 

Na antiguidade a constante numérica começou a ser estudada pelos egípcios e babilônios até chegar à Grécia, sendo enfim revisada pelo matemático Arquimedes, que chegou ao valor aproximado de 3,142. A partir disso o Pi manteve seu papel como protagonista em fórmulas e cálculos que envolviam figuras circulares. 

O Pi é a relação do diâmetro de um círculo com a sua circunferência. É muito utilizado na matemática geral, dando destaque a assuntos como geometria e física aplicada. Sua descoberta foi essencial para levar o homem à lua. 

Sob a perspectiva de quem utiliza o Pi todos os dias, o doutor Jorge Rodríguez, matemático e professor dos cursos de Engenharia do UNASP diz: “Acredito que a descoberta do número Pi como sendo a razão entre o comprimento do círculo e seu diâmetro foi fundamental para a matemática, mediante ele foi possível a escrita de comprimentos de circunferências, assim como áreas das mesmas”.

Além disso, Jorge também ressalta a maior precisão que o número ofereceu para a matemática. “A descoberta do Pi deu para a matemática um jeito mais certo de escrever valores numéricos sem arredondamento”, finaliza o professor Jorge. 

O estudante do 3º ano de Engenharia Civil Leonardo Massato declara que a participação do Pi na história foi essencial para a construção do mundo que temos hoje. “A descoberta do Pi ajudou na criação do GPS e dos meios de comunicação, como o celular, por meio de ondas eletromagnéticas. Permitiu o desenvolvimento das fórmulas gravitacionais. Possibilitando uma melhor compreensão sobre as leis que regem o nosso mundo”, ressalta. 

Uma celebração de mesa redonda

O Dia do Pi teve seu início em 1988, com o evento realizado no Museum Exploration, em São Francisco, Califórnia. A data 14 de março não foi escolhida por acaso, isso porque na datação americana o mês vem antes do dia mantendo a ideia do valor de Pi (3/14). 

Como a constante é utilizada no cálculo de círculos, a ideia da celebração girou em torno de diversas referências sobre o assunto. No evento, os participantes davam voltas pelo espaço do museu, em concordância com a forma geométrica. Depois comiam tortas redondas, pelo fato de que no inglês a pronúncia de “Pi” é a mesma de “pie” (torta em inglês). 

A data é comemorada até hoje pelo museu, mantendo o ideal da importância do Pi na sociedade atual. 

You may also read!

Onda de Calor atinge a Europa

Onda de calor atinge Europa e causa mortes

As temperaturas anormais da onda de calor provocaram incêndios, óbitos e enfermidades. Bruna Moledo Uma onda de calor inédita

Read More...
Dia dos Pais é comemorado neste fim de semana

Dia dos Pais: 8 ideias para você comemorar com o seu paizão

Saiba como celebrar com seu pai nesse dia especial Lucas Pazzaglini O Dia dos Pais está chegando e talvez

Read More...
Dependentes de Nicotina recebem ajuda do SUS

SUS proporciona campanha de tratamento para dependentes de nicotina

Promovido pelo Ministério da Saúde e Instituto Nacional do Câncer, o projeto visa auxiliar a comunidade dependente por meio

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu