O universitário e seus momentos de lazer

In UNASP

Descubra quais são os quatro hobbies preferidos dos universitários do Unasp-EC

Sara Rabite

A vida de um universitário é muito agitada. Trabalhos, grupos de pesquisas, cursos, atividades complementares, estágio, provas e a lista não acaba por aqui. Mas lazer e tempo livre são palavras que não podem faltar no vocabulário dos jovens. Passar tempo com os amigos, ler um bom livro, passear, praticar atividades físicas, ouvir música, assistir séries e filmes, mexer no celular e até mesmo gastar os minutinhos que restam para descansar.

Helena Cuzzuol, é estudante de Direito e um de seus hobbies é a prática de atividades físicas. A universitária conta que se sente mais motivada e animada para as atividades do dia a dia. Já quando acontece algum imprevisto, Helena conta que seu dia fica incompleto. “Me sinto desmotivada, pois é uma quebra na minha rotina, além de o exercício ser um meio de relaxar dos estudos”, afirma.

Alguns alunos do Centro Universitário Adventista de São Paulo, campus Engenheiro Coelho (Unasp-EC), foram entrevistados e contaram o que fazem nos seus momentos de lazer. As quatro categorias mais votadas dentro da realidade do internato foram:

  1. Dormir

Ter um descanso a mais durante o dia, foi a categoria mais votada dentre os jovens entrevistados. Alguns afirmaram que o pouco de tempo livre que possuem, devido à rotina agitada e intensa do internato, utilizam para tirar aquele “cochilinho”.

2. Exercícios Físicos

Ir para a academia, andar de bicicleta, dançar, meditar, nadar, praticar esportes, entre outras atividades físicas foram as segundas mais votadas.

 3. Séries/ Filmes

O passatempo de deitar para assistir algo na televisão ou no computador é muito forte entre os jovens. Assistir séries e filmes é um hobby viciante e que ocupa boa parte de seus tempos livres, segundo os entrevistados.

4. Música

Ouvir uma música que goste, seja no fone de ouvido, celular e até mesmo na caixinha de som é um hobby que nunca sai de moda. Para concentrar nos estudos, cantar, relaxar, curtir com os amigos e em outras diversas ocasiões, a música não pode faltar.

As atividades que mais se destacaram foram o descanso e a prática de atividades físicas. O educador físico, Eduardo Campos, destaca os benefícios de cada um. Segundo Campos, os jovens têm que cuidar de sua velhice na adolescência, por isso a prática de exercícios e o descanso são essenciais. “Quando a gente dorme, o corpo é revigorado. Quem dorme pouco vai ter complicação de concentração e falta de disposição”. O professor ainda complementa, “Quem não fizer exercícios, pode ter uma velhice complicada”, frisa.

Link da imagem:

https://goo.gl/784ogM

 

You may also read!

Atenção vestibulando MEC anuncia novas mudanças no Enem 2018

Candidatos terão 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo dia entre outras mudanças Kawanna Cordeiro Em

Read More...

Conheça os seis melhores museus do Brasil

Para quem acha que no Brasil não tem cultura, conheça os melhores museus para  visitar no dia Internacional dos

Read More...

Cinco cuidados especiais que devemos ter com os olhos

Os olhos são conhecidos como janelas da alma e são responsáveis por boa parte daquilo que percebemos como mundo.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu