ONGs realizam projetos sociais para o Dia das Crianças

In Cultura, Geral
dia das crianças

 Iniciativa de ONGs vai desde arrecadação de brinquedos até distribuição de livros em comunidades.

Juliete Santana

Projetos sociais especiais estão sendo realizados em todo o Brasil, por diversas entidades, para tornar o Dia das Crianças diferente. O foco das campanhas é principalmente para ajudar o público que vive em condições precárias.

O Dia das Crianças é comemorado nacionalmente no dia 12 de outubro, essa data foi escolhida por um lançamento da marca estrela, a “Bebê robusto”, com esse lançamento as vendas alavancaram; e por fim foi aderido à comemoração para todo o país. Este ano algumas crianças do Brasil serão alcançadas por ações que tiveram abordagens diferentes, porém com um mesmo intuito.

A ONG Conectando Sorrisos surgiu para mudar a população Sul Fluminense do Estado do Rio de Janeiro com ações sociais voltadas a comunidades carentes. Esses projetos vão desde visitas a asilos, creches, escolas, comunidades rurais e municípios de Barra Mansa, levando doações, lanches, música, jogos, dinâmicas, cuidados da saúde e livros.

Neste ano, a ideia foi arrecadar livros para as crianças carentes. “O objetivo dessa iniciativa, é despertar nas crianças o gosto pelos livros, na próxima terça-feira (12) faremos a entrega das arrecadações”, conta um dos organizadores da ONG.

A assistente social, Mayara Araújo, de Guanambi-BA, comentou sobre a importância de propostas voltadas à sociedade nessa data especial. “Projetos sociais são muito importantes, porque trazem reflexão sobre o grupo. A doação de brinquedos e livros não é algo simples, esse ato de leitura e brincar aproxima e reforça vínculos, fortalecendo as crianças que fazem parte dele”.

Segundo uma pesquisa feita pelo IBGE, o Brasil possui entre 236 e 781 mil ONG’s. Cada instituição dessa tem o foco de colaborar independentemente da idade. “Dentro de uma sociedade capitalista, que valoriza o consumo, o ter e que desvaloriza as relações de afeto e convivência. Atos como leitura e brincar, aproxima as pessoas, trazendo conhecimento e desenvolvimento para a vida adulta”, conclui Mayara.  

Stella Cruz, bibliotecária, explica porque é tão importante essa disposição em realizar o compartilhamento de literatura. “A importância do ato de ler para crianças, além do aspecto pedagógico e no desenvolvimento cognitivo, permite que elas conheçam outras perspectivas do mundo em que vivem. Por exemplo; histórias, animais falantes vivendo certa situação e lendas de outras culturas, seja africana, judaica, russa e etc”.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), a leitura faz parte do desenvolvimento cognitivo humano. Quando estimulada, auxilia na formação socioemocional e sociocultural, principalmente na infância.

Como participar?

Quem quiser contribuir com doações de livros deve procurar os seguintes pontos de coleta: ABO (Associação Brasileira de Odontologia), em Barra Mansa, com responsável Fernanda Cândida. Já em Volta Redonda, com o Leandro Lemos, ou pelo site e Instagram do projeto. 

You may also read!

Ponte Estaiada ganha iluminação para campanha contra fibrose cística

Monumento em São Paulo ganha uma iluminação nova para campanha contra a doença.  Bruno Sousa Na zona sul do estado

Read More...

CPI da Covid chega aos últimos depoimentos e continua assistindo polêmicas

Na semana do dia 4 de outubro, a CPI assiste aos últimos depoimentos e o presidente da Comissão prevê

Read More...

Tempestade de areia atinge cidades do interior de São Paulo e causa medo

Seca e queimadas são os principais fatores que  favorecem a ocorrência do fenômeno. Rachide Incote Uma enorme nuvem de

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu