Oscar 2022: confira a cobertura

In Cultura, Geral

A vitória de Coda como melhor filme foi ofuscada pelo atrito entre Chris Rock e Will Smith. Confira os pontos altos da programação

Nesta edição do Oscar, as atrizes Regina Hall, Wanda Syker e Amy Schumer são as anfitriãs, responsáveis pela apresentação. As três são comediantes e estão tornando o evento cômico para quem o acompanha. Muitos dos presentes usam uma fita azul, em apoio à União Americana pelas Liberdades Civis, que se opõe a Donald Trump. A cerimônia começou com Beyoncé interpretando “Be Alive”, de King Richard.

Coda ganhou o prêmio mais aguardado da noite: Melhor Filme. Além disso, foi prestigiado nas categorias de Melhor Ator Coadjuvante, com Troy Kotsur, e Melhor Roteiro Adaptado, com Sian Heder. O longa narra o impasse da única pessoa ouvinte em uma família de surdos. A personagem principal fica dividida entre sua família e seu amor pela música.

O ator Will Smith, vencedor do Oscar de Melhor Ator por sua performance em King Richard, agrediu o ator e comediante Chris Rock durante a programação do Oscar. O episódio ocorreu após o comediante fazer uma piada com Jada Smith, que sofre de alopecia, uma doença auto-imune que provoca queda de cabelo. Chris tentou explicar que se tratava de uma piada relacionada ao filme G.I. Jane, contudo, visivelmente irritado com a situação, Will Smith exigiu que o comediante tirasse o nome de Jada de sua boca. Em redes sociais, o público questionou se o episódio se tratava de algo combinado previamente, entretanto, de acordo com pessoas presentes no local, o casal estava nervoso. Denzel Washington (que concorria a Melhor Ator pela performance em A Tragédia de Macbeth) tentava acalmá-los. A tensão manifestada no Oscar não é algo recente: em 2016, Chris Rock debochou do boicote ao “Oscars so White”, movimento sugerido por Jada. Em seu discurso de aceite ao prêmio, Smith explicou que é um protetor de sua família, e que em alguns momentos é necessário se defender perante daqueles que te ofendem. “Eu pareço aquele pai doido [do filme King Richard], mas o amor faz com que a gente faça coisas doidas”, declarou.

O Oscar de Direção foi para Jane Campion pelo filme Ataque dos Cães. Jane marcou a história do Oscar após ser a primeira mulher a receber duas indicações na mesma categoria, sendo a primeira por O Piano (1993). Ela é a terceira mulher a ganhar o prêmio, depois de Chloe Zhao por Nomadland (2021) e Kathryn Bigelow em Guerra ao Terror (2009).

Anthony Hopkins, veterano da atuação e vencedor de diversos prêmios (incluindo o Oscar de Melhor Ator do ano passado)  subiu ao palco e declarou ser uma honra estar aqui e apresentar as cinco pessoas indicadas ao prêmio de Melhor Atriz. A atriz Jessica Chastain, que protagonizou o filme Os olhos de Tammy Faye, levou o prêmio pela primeira vez. O filme, que conta a história de Tammy Faye Bakker (Chastain) e seu marido, Jim Bakker (Andrew Garfield), mostra o crescimento social de uma família que criou a maior rede de radiodifusão religiosa do mundo. Além desta indicação, o longa também ganhou na categoria de Melhor Maquiagem e Cabelo. Para a transformação de Jessica Chastain em Tammy Faye, a atriz passava de quatro a sete horas no camarim.

Ariana DeBose levou o Oscar de melhor atriz coadjuvante por sua performance em “Amor, Sublime Amor”. A vencedora também é cantora e dançarina, e já é famosa no mundo dos teatros. Ela levou pela primeira vez uma estatueta do Oscar.

O Oscar de Melhor Filme Internacional foi para Drive My Car. A produção japonesa conta a história de um ator que é convidado a trabalhar em Hiroshima. Durante a viagem, ele se vê obrigado a confrontar seu passado e os segredos que sua mulher levou consigo ao falecer. A produção também concorre a categoria de Melhor Filme e foi baseado em um conto escrito por Hakumi Murakami em 2014.

Encanto ganhou o Oscar de Melhor Animação. O filme é uma produção da Walt Disney Animation Studios e se classifica como fantasia e musical. “Encanto” descreve acontecimentos fantásticos da família Madrigal, que vive em uma casa excêntrica escondida entre montanhas colombianas. A história se passa em uma cidade movida à magia que é um Encanto. O prêmio foi entregue por três princesas de conto de fadas e a Disney se pronunciou em homenagem à Colômbia.

Sebastian Yatra apresentou a música de Encanto indicada a Melhor Canção Original: “Dos Oruguitas” (Lin-Manuel Miranda). Além disso, o hit do filme, “We don’t talk about Bruno”, teve uma incrível performance no palco do Oscar, mesmo não tendo sido indicado na categoria de Melhor Canção Original. A apresentação contou com grande parte do elenco de vozes original do filme.

Em Melhor Fotografia, o prêmio vai para Duna, com o diretor de fotografia Greig Fraser. O longa foi inspirado em uma série de livros de Frank Herbert e narra o trajeto de Paul Atreides, que é incerto. Durante a história, deve viajar para outro planeta sob o governo de sua família, muito mais perigoso do que o seu planeta natal. Além deste, Duna também ganhou como Melhor Edição (Joe Walker), Melhor Design de Produção (Jacqueline West e Robert Morgan), Melhor Trilha Sonora Original (Hans Zimmer), Melhor Som (Mark Mangini e Theo Green) e Melhores Efeitos Visuais (Paul Lambert, Tristan Myles, Brian Connor e Gerd Nefzer). Em grande parte desta produção, a luz utilizada foi natural.

Na categoria de Melhor Animação em Curta, The Windshield Wiper levou o prêmio. A produção é hispano-americana é bem-humorada e questiona o que é amor. A direção é de Alberto Mielgo.

The Long Goodbye foi considerado o Melhor Curta de Live-Action. O filme, estrelado pelo ator Riz Ahmed e dirigido por Aneil Karia, começa mostrando o cotidiano de uma família de origem árabe na Inglaterra e forma um ascendente de fortes emoções.

O Oscar de Melhor Documentário de Curta Metragem vai para The Queen of Basketball. A produção foi lançada em 2021 e conta, em primeira pessoa, a história de uma senhora que procura reconstruir um legado esquecido.

Jenny Beavan levou a estatueta pelo seu trabalho como figurinista do filme Cruella. O prêmio marca a terceira vitória da designer na categoria de Melhor Figurino.

O melhor roteiro original foi de Kenneth Branagh por Belfast. O filme conta a história de um menino irlandêa de nove anos que em meio a conflitos políticos e sociais tenta encontrar um lugar seguro para sonhar livremente com sua família. Além de roteirista, Branagh dirige o filme, e, em outros projetos, também atua.

No show de intervalo, houve a apresentação da canção original do filme 007: Sem Tempo Para Morrer por Billie Ellish e seu irmão Finneas. O título da música é “No Time To Die”. O público ficou emocionado e aplaudiu de pé. A peça artística venceu o prêmio de Melhor Canção Original e marca a primeira vitória de Oscar por uma pessoa nascida no século 21 (Billie Eilish)

O comediante Chris Rock marcou presença para anunciar a categoria de Melhor Documentário e quem ganhou foi Summer of Soul, um documentário sobre o Harlem Cultural Festival de 1969, que celebrou a música e a cultura afro-americana e promoveu o orgulho e a unidade negra.

O filme O Poderoso Chefão, dirigido por Francis Ford Coppola e protagonizado por Al Pacino, recebeu uma homenagem por seus 50 anos. Após a homenagem ser anunciada, Coppola subiu ao palco ao lado de amigos e fez um agradecimento aos mesmos. “Eu tenho muito prazer em que meus amigos venham aqui comigo para homenagear vocês”, comemorou.

Houve um tributo para lembrar dos ícones da indústria cinematográfica que faleceram no último ano, como Jane Powell, Charles Frodin e Betty White. Um coral cantou enquanto as fotos das pessoas eram projetadas.

 

Lista de prêmios

Melhor filme

Belfast

Não olhe para cima

Duna

Licorice Pizza

Ataque dos cães

Coda

Drive my car

King Richard

O Beco do Pesadelo

Amor Sublime Amor

 

Melhor Direção

Kenneth Branagh, Belfast

Ryûsuke Hamaguchi, Drive My Car

Paul Thomas Anderson, Licorice Pizza

Jane Campion, Ataque dos Cães

Steven Spielberg, Amor, Sublime Amor

 

Melhor Atriz

Jessica Chastain, The Eyes of Tammy Faye

Olivia Colman, A Filha Perdida

Penélope Cruz, Mães Paralelas

Nicole Kidman, Apresentando os Ricardos

Kristen Stewart, Spencer

 

Melhor Ator

Javier Barden, Apresentando os Ricardos

Benedict Cumberbatch, Ataque dos Cães

Andrew Garfield, Tick, Tick… Boom!

Will Smith, King Richard

Denzel Washington, A tragédia de Macbeth

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Jessie Buckley, A filha perdida

Ariana DeBose, Amor, Sublime Amor

Judi Dench, Belfast

Kirsten Dunst, Ataque dos Cães

Aunjanue Ellis, King Richard

 

Melhor Ator Coadjuvante

Ciarán Hinds, Belfast

Troy Kotsur, Coda

Jesse Plemons, Ataque dos Cães

J.K. Simmons, Apresentando os Ricardos

Kodi Smit-McPhee, Ataque dos Cães

 

Melhor Filme Internacional

Drive My Car – Japão

Flee – Dinamarca

A Mão de Deus – Itália

A Felicidade das Pequenas Coisas – Butão

A Pior Pessoa do Mundo – Noruega

 

Melhor Roteiro Adaptado

 Siân Heder, Coda

Ryusuke Hamaguchi e Takamasa Oe, Drive my Car

Jon Spaihts, Denis Villeneuve e Eric Roth, Duna

Maggie Gyllenhaal, A Filha Perdida

Jane Campion, Ataque dos Cães

 

Melhor Roteiro Original

Kenneth Branagh, Belfast

Adam McKay e David Sirota, Não Olhe Para Cima

Zach Baylin, King Richard: Criando Campeãs

Paul Thomas Anderson, Licorice Pizza

Eskil Vogt e Joachim Trier, A Pior Pessoa do Mundo

 

Melhor Figurino

Jenny Beavan, Cruella

Massimo Cantini Parrini e Jacqueline Durran, Cyrano

Jacqueline West e Robert Morgan, Duna

Luis Sequeira, O Beco do Pesadelo

Paul Tazewell, Amor, Sublime Amor

 

Melhor Curta de Animação

Affairs of the Art

Bestia

Boxballet

A Sabiá Sabiazinha

The Windshield Wiper

 

Melhor Documentário de Curta-Metragem

Audible

The Queen of Basketball

Onde eu Moro

Três Canções Para Benzair

When we Were Bullies

 

Maquiagem e Cabelo

Mike Marino, Stacey Morris and Carla Farmer, Um Príncipe em Nova York 2

Nadia Stacey, Naomi Donne and Julia Vernon, Cruella

Donald Mowat, Love Larson and Eva von Bahr, Duna

Linda Dowds, Stephanie Ingram e Justin Raleigh, Os Olhos de Tammy Faye

Göran Lundström, Anna Carin Lock e Frederic Aspiras, Casa Gucci

 

Melhor Edição 

Hank Corwin, Não Olhe Para Cima

Joe Walker, Duna

Pamela Martin, King Richard: Criando Campeãs

Peter Sciberras, Ataque dos Cães

Myron Kerstein e Andrew Weisblum, Tick, Tick… Boom

 

Melhor Trilha Sonora 

Nicholas Britell, Não Olhe Para Cima

Hans Zimmer, Duna

Germaine Franco, Encanto

Alberto Iglesias, Mães Paralelas

Jonny Greenwood, Ataque dos Cães

 

Melhor Curta-Metragem em Live Action

Ala Kachuu – Take and Run

The Long Goodbye

The Dress

On My Mind

Please Hold

 

Melhor Som

Denise Yarde, Simon Chase, James Mather e Niv Adiri, Belfast

Mac Ruth, Mark Mangini, Theo Green, Doug Hemphill e Ron Bartlett, Duna

Simon Hayes, Oliver Tarney, James Harrison, Paul Massey e Mark Taylor, Sem Tempo Para Morrer

Richard Flynn, Robert Mackenzie e Tara Webb, Ataque dos Cães

Tod A. Maitland, Gary Rydstrom, Brian Chumney, Andy Nelson e Shawn Murphy, Amor, Sublime Amor

 

Melhores Efeitos Visuais

Paul Lambert, Tristan Myles, Brian Connor e Gerd Nefzer, Duna

Swen Gillberg, Bryan Grill, Nikos Kalaitzidis e Dan Sudick, Free Guy

Charlie Noble, Joel Green, Jonathan Fawkner e Chris Corbould, Sem Tempo Para morrer

Christopher Townsend, Joe Farrell, Sean Noel Walker e Dan Oliver, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis

Kelly Port, Chris Waegner, Scott Edelstein e Dan Sudick, Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa

 

Melhor Design de Produção

Patrice Vermette e Zsuzsanna Sipos, Duna

Grant Major e Amber Richards, Ataque dos Cães

Tamara Deverell e Shane Vieau, O Beco do Pesadelo

Stefan Dechant e Nancy Haigh, A tragédia de Macbeth

Adam Stockhausen e Rena DeAngelo, Amor, Sublime Amor

 

Melhor Animação

Encanto

Flee

Luca

A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas

Raya e o Último Dragão

 

Melhor Documentário

Ascension

Attica

Flee

Summer of Soul

Writing with Fire

 

Melhor Canção Original

“Be Alive” – King Richard: Criando Campeãs

“Dos Oruguitas” – Encanto

“Down to Joy” – Belfast

“No Time to Die” – Sem Tempo Para Morrer

“Somehow You Do” – Four Good Days

 

Melhor Fotografia

Greig Fraser, Duna

Ari Wegner, Ataque dos Cães

Dan Laustsen, Beco do Pesadelo

Bruno Delbonnel, A Tragédia de Macbeth

Janusz Kaminski, Amor, Sublime Amor

 

 

You may also read!

Onda de Calor atinge a Europa

Onda de calor atinge Europa e causa mortes

As temperaturas anormais da onda de calor provocaram incêndios, óbitos e enfermidades. Bruna Moledo Uma onda de calor inédita

Read More...
Dia dos Pais é comemorado neste fim de semana

Dia dos Pais: 8 ideias para você comemorar com o seu paizão

Saiba como celebrar com seu pai nesse dia especial Lucas Pazzaglini O Dia dos Pais está chegando e talvez

Read More...
Dependentes de Nicotina recebem ajuda do SUS

SUS proporciona campanha de tratamento para dependentes de nicotina

Promovido pelo Ministério da Saúde e Instituto Nacional do Câncer, o projeto visa auxiliar a comunidade dependente por meio

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu