Retomada de Turismo: famílias brasileiras planejam viajar no réveillon

In Economia, Geral

Setor de Turismo está se movimentando de novo e as perspectivas para realização de eventos em algumas cidades está em alta.

Rachide Incote

A pandemia ainda não acabou, mas o turismo já começou a se movimentar ainda que de uma forma diferente. Com o progresso da vacinação, as expectativas para o réveillon são grandes, uma vez que muitos brasileiros estavam esperando a melhor hora para viajar. 

Em comunicado no site oficial do Ministério do Turismo sobre o Réveillon 2021/2022, o ministro, Gilson Machado Neto, afirma que a perspectiva do setor para a festa de passagem de ano é alta, e será um dos maiores motivadores da retomada no país. “O aumento substancial no número de brasileiros vacinados reflete na confiança para a realização de grandes eventos como esse, impulsionando ainda mais o nosso setor e, consequentemente, a economia, gerando emprego e renda para a nossa população”, afirma.

A retomada do Turismo proporciona uma oportunidade para a transformação deste setor, com opções de gerar mais empregos. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) as empresas do segmento contrataram nos últimos meses 3,2 mil pessoas. O número representa um avanço de 8,3% do estoque de postos de trabalho.

Além disso, a procura por passagens aéreas subiu nos últimos meses, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), como um dos impactos da crise econômica provocada pela Covid-19, e, embora muitas pessoas já estejam retomando os planos de viagens, os altos valores podem ser um obstáculo.

De acordo com uma pesquisa feita pela Boston Consulting Group (BCG) no Brasil, 70% dos entrevistados pretendem viajar o mais depressa possível. Na mesma sondagem, realizada há quase um ano, 76% disseram que não planejavam viajar por questões de segurança, numa indicação clara de que as coisas estão mudando. O levantamento mostrou ainda um aumento no crescimento de receitas do turismo de 19,8% em 2021, no que deve representar a maior taxa de crescimento do setor em 11 anos. 

Depois de tanto tempo sem viajar, parece que as coisas estão prontas para decolar de novo. Já com passagem comprada e hotel reservado, Fernanda de Oliveira está muito otimista para aproveitar as festas de Natal e réveillon. “Estou muito feliz vendo as coisas voltando ao normal, e percebe-se que dia após dia a gente vai ganhando mais confiança de sair de casa sem correr risco de se contaminar como antes”, explica.

You may also read!

Desnutrição infantil atinge população.

Fome no Brasil promove alerta sobre as consequências da desnutrição infantil

Diante do cenário de fome crescente no Brasil, pesquisas revelam como a desnutrição infantil afeta as demais etapas da

Read More...
Sessões terão apoio da ANS

ANS retira limite de sessões com fisioterapeutas, psicólogos e outros

A decisão sobre as sessões impacta a usuários de planos de saúde. Lucas Pazzaglini A Agência Nacional de Saúde

Read More...
Plástico é produto de difícil reciclagem

No more plastic! Canadá proíbe a produção e importação de plásticos de uso único

A nova regulamentação entrará em vigor a partir de dezembro de 2022. Cristina Levano O governo canadense apresentou as

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu