Serviço de 5G é rejeitado pela população

In Ciência e Tecnologia, Geral

A nova tecnologia não é conhecida por brasileiros e apenas 22% vai alterar seu plano para a rede 5G.

Hellen de Freitas 

De acordo com levantamento feito pela IDC Brasil (Data Corporation Pesquisa de Mercado e Consultoria Ltda), principal provedora de serviços de inteligência e tecnologia no mercado, apenas 22% dos usuários mudarão para o 5G nos próximos 12 meses. Apesar de 95% da população ter algum conhecimento sobre o produto e melhorias que o novo plano pode fornecer, ainda assim não se sentem coagidos a realizar essa alteração.

O 5G vai permitir velocidade de até um giga por minuto, sendo mais rápida que a atual, permitindo o download de fotos quase instantâneo. Conteúdos de realidade aumentada e virtual serão uma possibilidade para todos. Já a chamada latência, será baixa, trazendo uma transmissão de dados com o carregamento mais fluído e sem demora, dentre outras praticidades.

Luciano Saboia, gerente de pesquisa e consultoria em telecomunicações da IDC Brasil, comentou na coletiva de imprensa do dia 24, sobre a opinião da população para com a tecnologia. “Existe uma clara percepção do público sobre o impacto que a nova tecnologia pode causar na forma como consumimos internet. Apesar de apenas 36% dos brasileiros dizerem que conhecem bem o 5G, 84% acreditam que ele irá transformar totalmente a maneira como consumimos dados”, explica.

Lançamento adiado

Embora no exterior outros países como, Coréia do Sul e Estados Unidos já possuam o serviço do 5G há mais de três anos, o Brasil ficou para trás com o lançamento previsto nas capitais e Distrito Federal até o dia 31 de julho deste ano. Apesar das orientações contrárias do Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência (Gaispi), que também será responsável pela coordenação e organização da implantação do 5G no país.

Segundo o Gaispi há uma escassez quanto a ferramentas necessárias para a realização da limpeza da faixa de 3,5GHz utilizada pelo 5G.

Rejeição dos consumidores

Para as grandes empresas e operadores, a instalação da nova tecnologia só trará benefícios e lucros, contudo, muitos consumidores estão colocando na balança a mudança e pesagem futura no bolso. Para os usuários, o plano aumentará, fora uma possível troca de aparelho que receberá de forma correta o serviço.

Giulia Ludgero, acredita que essa mudança acarretará ainda mais gastos, para ela os benefícios não valem o dinheiro a mais que será gasto. “Não vejo o porquê de adquirir, se o 4G já está caro, imagina quando for alterar para o 5G’’, comenta.

Contudo, sempre há o outro lado da moeda, Caléo Hapuck, acredita que a melhoria da rede também ajudará na aproximação das pessoas, além do aumento da velocidade da informação recebida, ‘’Como universitário, uma internet rápida é o que mais preciso para os estudos’’, relata.

You may also read!

Onda de Calor atinge a Europa

Onda de calor atinge Europa e causa mortes

As temperaturas anormais da onda de calor provocaram incêndios, óbitos e enfermidades. Bruna Moledo Uma onda de calor inédita

Read More...
Dia dos Pais é comemorado neste fim de semana

Dia dos Pais: 8 ideias para você comemorar com o seu paizão

Saiba como celebrar com seu pai nesse dia especial Lucas Pazzaglini O Dia dos Pais está chegando e talvez

Read More...
Dependentes de Nicotina recebem ajuda do SUS

SUS proporciona campanha de tratamento para dependentes de nicotina

Promovido pelo Ministério da Saúde e Instituto Nacional do Câncer, o projeto visa auxiliar a comunidade dependente por meio

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu