Sesc de Campinas conta com 30% da população no Dia do Desafio

In Esportes

Rafaela Vitorino

O evento é promovido pelo Sesc desde 1995 e objetiva aderir um público cada vez maior. Resultado da 23º edição do Dia do Desafio sai hoje à noite

O Sesc Campinas participou ontem (31) da 23º Edição do Dia do Desafio. Com o tema “Você se mexe e o mundo mexe junto”.  30% da população foi mobilizada. O evento foi criado no Canadá em 1980 e é coordenado no Brasil desde 1995 pelo Sesc. Anualmente, a competição é realizada na última quarta-feira do mês de maio entre cidades de todo o continente americano.  Ocorrem diversas atividades físicas como caminhada, ciclismo, gincanas, capoeira etc. Este ano, Campinas competiu com a cidade de Fortaleza.

Os municípios disputam para mobilizar o maior percentual de participantes em relação ao seu total de habitantes e aquela com o maior número, ganha. Mesmo assim, o principal objetivo por trás do torneio é o incentivo a atividades físicas. De acordo com o supervisor de esportes do Sesc de Campinas, Fabiano Martrodi, o evento começou a ter uma importância maior para as pessoas no aspecto a partir do momento em que elas foram convidadas a inserir o exercício no seu dia a dia “No início eram atividades desafiadoras, de impacto. Hoje são atividades voltadas mais para o dia-a-dia; as pessoas estão mais conscientes”, ressalta. Ele ainda enfatiza o porquê do evento acontecer no meio da semana. “Conscientiza. Remete ao fato de que se você consegue colocar uma atividade no meio da semana, também consegue incorporá-la permanentemente ao seu dia a dia”, completa

Coordenado pela monitora de esportes Carolina Reis, o Sesc de Campinas realizou atividades no terminal de ônibus urbano Magalhães Teixeira, em poupa-tempos e na própria unidade do Sesc.  Atividades como jogos de raciocínio, futsinuca e aulas abertas foram oferecidas a toda a população. A professora de Educação física Martha Frigene esclarece que tipo de atividades são realizadas no dia do desafio. “Nós geralmente informamos a data do evento e então fazemos aulas especiais e abertas ao público em geral como forma de incentivo. Quando vamos a parques, rodoviárias e espaços públicos fazemos aulas para que todas as pessoas possam participar independente da capacidade física. Precisamos aderi-las à prática do exercício físico, explica.

O participante do dia do desafio Isbarroberto Gonçalves comenta sobre a importância do desafio. Segundo ele, a correria da vida acaba levando as pessoas ao sedentarismo, usando a desculpa de que um dia vão resolver isso. “O simples fato de existir essa data simbólica, trabalhando com palestras e depoimentos, pode levar as pessoas a refletirem sobre suas escolhas e a tomarem uma atitude que possibilite o inicio de uma transformação na busca por melhorar a saúde e o bem-estar”, reflete.

O Colégio da Polícia Militar em Campinas também participou do desafio. O psicólogo escolar Mateus de Moura acompanhou as atividades durante todo o dia. De acordo com ele toda a escola foi mobilizada, desde a educação infantil até ao ensino médio, contando ainda com a participação de colaboradores. “O Dia do Desafio muda a rotina pré-estabelecida da escola, envolvendo a prática de movimentação do corpo e ainda a relação interpessoal dos alunos. São atividades diferentes que eles não têm no dia a dia”, ressalta.

 

Link da imagem: https://goo.gl/oH8T0S

You may also read!

Atenção vestibulando MEC anuncia novas mudanças no Enem 2018

Candidatos terão 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo dia entre outras mudanças Kawanna Cordeiro Em

Read More...

Conheça os seis melhores museus do Brasil

Para quem acha que no Brasil não tem cultura, conheça os melhores museus para  visitar no dia Internacional dos

Read More...

Cinco cuidados especiais que devemos ter com os olhos

Os olhos são conhecidos como janelas da alma e são responsáveis por boa parte daquilo que percebemos como mundo.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu