Suíços não vão facilitar para o Brasil durante os jogos da Copa

In Esportes, Geral

O time europeu enfrentará o Brasil na fase de grupos.

Lucas Pazzaglini

O Brasil voltará a enfrentar a Suíça após quatro anos. O último encontro entre os dois times, durante a Copa do Mundo de 2018, terminou com um empate de 1 x 1. O reencontro foi definido pelo sorteio dos grupos, no qual Brasil, Suíça, Sérvia e Camarões completam o grupo G do campeonato. Brasil, Suíça e Sérvia já se enfrentaram na Copa da Rússia

A disputa está marcada para acontecer no dia 28 de novembro, sendo o segundo jogo do Brasil, que já terá enfrentado a Sérvia. O momento está sendo aguardado por todos e gerando grandes expectativas entre os torcedores suíços e pelos próprios jogadores. 

“Não vamos facilitar”

Após a descoberta dos times que enfrentará na Copa, o técnico do time Suiço, Murat Yakin, se mostrou confiante por seus jogadores conhecerem os adversários, ao terem enfrentado os mesmos times na Copa do Mundo em 2018.

Yakin não era o técnico do time na época, por ter assumido a seleção apenas em 2021, mas ainda assim revelou estar contente com o resultado do sorteio. “São bonitos desafios, boas equipes e bons jogadores. Vamos nos preparar muito bem para chegar às próximas fases. Conhecemos o Brasil e a Sérvia desde a Copa do Mundo de 2018 e não vamos facilitar para eles. Estou satisfeito com o sorteio”, afirmou em entrevista ao canal “SRF”.

Eliminatórias

A Suíça fez parte do Grupo C durante as eliminatórias dos times europeus. Dentro da chave competiu com a Itália, a Bulgária e a Irlanda do Norte.

Dentro do grupo, a Itália seguia como favorita, mas o time suíço surpreendeu em seu último jogo das eliminatórias, contra a Bulgária, por 4 a 0, tirando a Itália do primeiro lugar e garantindo sua vaga nos jogos no Catar.

Expectativa dos torcedores

Os torcedores suíços têm se mostrado tão confiantes quanto o técnico do time principal. Sonia-Vinka Holm, suíça de berço e torcedora, acredita que o seu país irá bem na Copa. “Não estamos nervosos, a Suíça nunca jogou mal contra o Brasil, mesmo ele sendo um dos favoritos”, afirma.

Para a torcedora, a maior preocupação com relação ao campeonato é que eles repitam o que já fizeram outras vezes. “Jogar bem contra times grandes e não ir tão bem contra times que não são tão impressionantes”, explica Sonia. 

Apesar de acreditar que será difícil sair do grupo por conta dos três adversários que eles têm que enfrentar, Sonia se apoia na esperança de que “a Suíça consiga fazer o que fez no Euro. Que ela seja a equipe surpresa e chegue até às quartas de final”.

O único campeonato mundial que a Suíça já levou sobre o Brasil foi o Sub-17 em 2009

You may also read!

Cientistas fazem divulgação no Twitter

Cientistas brasileiros usam o Twitter para popularizar conhecimento especializado

Além de proporcionar entretenimento, o acesso à ciência nas redes sociais auxilia no combate à desinformação. Mariana Santos A

Read More...
Mulher Hulk será lançado hoje.

Mulher Hulk surpreende críticos e batalha pela risada dos fãs

A nova série da Marvel quer resgatar o público com boa atuação e diálogos cômicos. Lucas Pazzaglini A Marvel

Read More...
Continência ao Amor traz reflexões sobre o SUS.

Continência ao amor: o sucesso da Netflix e a celebração ao SUS 

O filme traz reflexões sobre o tratamento de diabetes, o que nos leva a pensar em como o Brasil

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu