Aplicativo facilita a vida de vovôs e vovós para usar o celular

In Ciência e Tecnologia, Geral

CNqD Facilita modifica a interface dos ícones dos aplicativos e prioriza as funções mais úteis

Kawanna Cordeiro

O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (CNqD) de Campinas, divulgou recentemente o CNqD Facilita, um aplicativo para celular especialmente criado para facilitar a vida das pessoas que possuem pouca intimidade com a tecnologia. O público-alvo a princípio são os vovôs e vovós, mas ele pode ser utilizado por qualquer pessoa que queira simplificar a utilização de smartphones. Ele é gratuito e está disponível para Sistema Android na Play Store.

“Eu tenho muito dificuldade em quase todas as coisas do celular, não consigo entender muito bem”, confessa dona Maria Santos, de 67 anos. Além disso, ela também alega sofrer com os obstáculos que tem ao usar um aplicativo de troca de mensagens. “Eu não consigo mandar áudios e baixar outros aplicativos”, relata. Por tantas donas Marias que existem, deu-se a necessidade de desenvolver um aplicativo que ajudasse nas coisas mais triviais que o celular oferece como ver a hora ou o nível de bateria.

O projeto se baseou em pesquisas com um grupo de idosos e em diversas perguntas feitas por telefone. Além disso, um grupo de 12 pessoas recebeu celulares para testar o aplicativo e ajudar no aprimoramento do sistema. Claudinei Martins, responsável pelo projeto, explica quais as principais observações que foram feitas pelos idosos. “Eles apresentam grande dificuldade de interagir com os dispositivos com tela touchscreen nos moldes em que são disponibilizados atualmente pelos fabricantes de celulares”, assegura. Juntamente com isso, o projeto constatou que grande parte dos aplicativos possuem um ícone pequeno de difícil localização e manuseio, dificultando assim o aprendizado dos usuários.

O aplicativo modifica a interface dos celulares, deixando a tela com menos ícones e priorizando as funções que os idosos mais usam. Os ícones também são maiores e contam com desenhos que deixam mais clara qual a função de cada um. A geração de vovôs e vovós que está cada vez mais abraçando o uso das novas tecnologias expressa o quanto o smartphone é útil no dia a dia. Dona Maria, por exemplo, usa o celular para fazer as compras e falar com a família que está distante. “Mesmo não sabendo muita coisa, o pouco que eu sei já me ajuda muito”, destaca.

Martins explica que não se espera uma quantidade elevada de downloads logo no início, o objetivo é facilitar o aprendizado rápido dos usuários. “Na primeira semana na loja do Google, tivemos aproximadamente 350 downloads no total. Seu antecessor, o CPqD Alcance (para deficientes visuais), está com 35.000 downloads “, expõe.

Foto: https://goo.gl/FtxGJ3

You may also read!

21 de março é Dia Mundial da Poesia!

O objetivo deste dia é promover e difundir a arte e seus valores   Amanda Ferelli   Você sabia

Read More...

Ex-presidente Michel Temer é preso

A ação é parte da Operação Radioatividade, que investiga o uso de propina na construção da Usina Angra 3

Read More...

Atenção vestibulando MEC anuncia novas mudanças no Enem 2018

Candidatos terão 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo dia entre outras mudanças Kawanna Cordeiro Em

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu