Fake News sobre vacinas da Covid-19 são compartilhadas na internet

In Ciência e Tecnologia, Saúde

Desde o início da pandemia, as fake news causam pânico e prejudicam a prevenção da doença

Camylla Silva

A vacinação contra a Covid-19 está em processo em todo o mundo. No Brasil, parte dos cidadãos foram vacinados e outros aguardam o período para sua idade. Em alguns lugares, notícias que circularam na internet causaram resistência da população. Segundo pesquisa do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas, o Ibespe, 86% dos entrevistados se preocupam com as fake news que recebem, no entanto apenas 51% checam as informações. 

Durante a pandemia, a propagação sobre a pesquisa e produção de vacinas contra o coronavírus foi frequente. A enfermeira Diane Barreto trabalhou na linha de frente da Covid-19 e diz que “muitas das notícias que são vistas na internet são falsas”. Ela ainda completa: “É necessário pesquisar para ver se há algum embasamento científico”.

Os profissionais da saúde temem que os ataques às vacinas e o aumento da circulação de fake news comprometam os esforços para conseguir imunizar a população e conter o avanço da pandemia. 

A enfermeira Priscila Luz, especializada em saúde da família, declara que “especialistas, cientistas e renomados profissionais estão envolvidos no desenvolvimento da vacina de forma a assegurar a sua eficácia.” Ela complementa que  “eles buscam garantir a menor chance possível de ocorrer efeitos adversos, pois o objetivo é levar mais qualidade de vida à população”.

Verificação de dados para fake news

Para ajudar a identificar uma notícia falsa nas redes sociais, o desenvolvedor de aplicações para a internet Filemom Heck, explica que “alguns usuários tentam se passar por páginas de emissoras e jornais, criando páginas alternativas na internet. Por exemplo, a CNN sempre utilizará o final cnnbrasil.com.br ou /cnnbrasil.  Jamais utilizarão cnn.brasil.oficial21.”

Filemon concorda com outros especialistas sobre a importância de “educar e conscientizar as pessoas sobre os riscos de consumir e compartilhar notícias falsas”. Os profissionais se preocupam com o combate a essa prática, principalmente para a saúde coletiva.

You may also read!

Sessões terão apoio da ANS

ANS retira limite de sessões com fisioterapeutas, psicólogos e outros

A decisão sobre as sessões impacta a usuários de planos de saúde. Lucas Pazzaglini A Agência Nacional de Saúde

Read More...
Plástico é produto de difícil reciclagem

No more plastic! Canadá proíbe a produção e importação de plásticos de uso único

A nova regulamentação entrará em vigor a partir de dezembro de 2022. Cristina Levano O governo canadense apresentou as

Read More...
Onda de Calor atinge a Europa

Onda de calor atinge Europa e causa mortes

As temperaturas anormais da onda de calor provocaram incêndios, óbitos e enfermidades. Bruna Moledo Uma onda de calor inédita

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu