Dia do Folclore Brasileiro: 3 produções nacionais para comemorar a data

In Cultura, Geral

Conheça séries que marcaram gerações e compartilham o folclore brasileiro. 

Lucas Pazzaglini

Saci Pererê, Curupira, Iara, nomes conhecidos do imaginário brasileiro e que têm um espaço importante na construção cultural do nosso país. Esses personagens são só alguns exemplos da extensão do folclore brasileiro. O folclore pode ser considerado como um conjunto de manifestações da cultura popular, ou seja, danças, contos e até pratos típicos podem fazer parte dessa manifestação. Devido a tamanha importância, o gênero ganhou sua própria data comemorativa, 22 de agosto, o Dia do Folclore Brasileiro.

Em comemoração a esse dia tão importante, separamos três séries nacionais que têm o folclore como pano de fundo, ou até mesmo como personagem principal. Confira!

1. Sítio do Picapau Amarelo

A obra de Monteiro Lobato já tem um fã clube sem precisar de muitas apresentações. A história da boneca de pano que virou gente conquistou um grande público desde sua primeira aparição em 1920, no livro “A menina do narizinho arrebitado”.

Emília, Narizinho e Pedrinho viveram as mais diversas aventuras e em muitos formatos. Só em séries de TV, os amigos já foram representados em mais de três produções. A mais famosa foi ao ar na Rede Globo, entre 2001 a 2007, contando com um grande elenco. 

O que mais chama atenção nas produções são os personagens inusitados que aparecem na trama, inclusive a vilã principal: Cuca. A bruxa, meio crocodilo, meio gente, é inimiga dos aventureiros do Sítio do Picapau Amarelo, mas além disso, tem participação ativa no folclore brasileiro. 

Uma das versões da série, está disponível no Globoplay. 

2. Castelo Rá-Tim-Bum 

Bum, bum bum, Castelo Rá-Tim-Bum. Se você leu cantando, já conhece a próxima indicação e sabe que vale a pena assistir. A série infantojuvenil, produzida pela TV Cultura, de 1994 a 1997, marcou gerações por ensinar através de ferramentas inusitadas, como quadros diferenciados e histórias bem contadas.

A série segue a vida de Nino, um jovem bruxo de 300 anos, que mora com seus tios em um castelo. Logo ele faz amizade com três outros personagens, Pedro, Biba e Zequinha. Juntos, eles vivem diversas aventuras no castelo com os animais mágicos que vivem nele, e personagens inovadores que aparecem em cada episódio, como sapatos e monstros do encanamento.

Uma das personagens mais marcantes é Caipora, uma personagem forte do folclore brasileiro. Na produção, Caipora aparece sempre que alguém assobia e conta histórias de lendas indígenas para as crianças.   

Recentemente, o elenco se reuniu para conversar e relembrar momentos marcantes no castelo. O encontro e diversos conteúdos da série estão disponíveis no YouTube.

3. Cidade Invisível 

Para encerrar a lista, a produção mais moderna que retrata o folclore brasileiro. Cidade Invisível, série da Netflix, traz o gênero de uma forma inovadora com um elenco de peso, como Alessandra Negrini e Marco Pigossi. 

A série acompanha a vida de personagens como Boto cor de rosa, a sereia Iara, Saci, Curupira, e, principalmente, Cuca, em sua adaptação aos dias de hoje. Como se vivessem em uma “cidade invisível”, a série aborda o papel dos personagens do folclore em uma realidade bem diferente das histórias já conhecidas, que se passam em florestas ou em outros ambientes em que o homem teve pouco contato. 

A produção já tem duas temporadas e continua conquistando o público. Essa produção é uma das grandes provas de que o folclore brasileiro é riquíssimo e ainda inexplorado. Todos os episódios estão disponíveis na Netflix

Além dessas produções, existem muitas outras, e é nosso papel fazer com que elas se tornem conhecidas. Afinal, o folclore faz parte também da nossa cultura, logo, de quem nós somos. 

Não deixe de compartilhar esse conteúdo para que mais pessoas conheçam essas histórias! Feliz Dia do Folclore Brasileiro!

You may also read!

Comida é recurso para lidar com problemas emocionais: entenda os riscos

Pesquisa revela que a maioria dos brasileiros acredita que comer em excesso melhora a saúde mental.

Read More...

Votação na Câmara aprova privatização da Sabesp

Elinelma Santos A Câmara Municipal do Estado de São Paulo aprovou nesta quarta-feira (17) a privatização da Sabesp (Companhia

Read More...

Excesso de proteína aumenta o risco de doenças cardiovasculares

Proteínas devem ser consumidas com equilíbrio, segundo especialistas. Késia Grigoletto  O excesso do consumo de proteínas aumenta o risco

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu