Dia do Museu: confira os principais museus do mundo e como visitá-los

In Cultura, Geral

Data foi instituída desde 1977 pelo Conselho Internacional de Museus ICOM, e incentiva o conhecimento.

Fernanda Reis

O Dia Internacional do Museu é comemorado no dia 18 de maio. A data é celebrada anualmente, para reforçar os laços dos museus com a sociedade, enaltecer essas instituições e destacar sua importância.

“Os museus são importantes para a preservação da memória e da identidade cultural, além de desempenharem um papel importante na construção de sociedades mais informadas, criativas e conscientes de sua herança cultural”, afirma a historiadora Letícia Silva. 

Diante disso, confira alguns dos principais museus do mundo e como visitá-los!

The Metropolitan Museum of Art (Nova York, EUA)

O Metropolitan Museum of Art é conhecido por ser o palco do Met Gala e por aparecer no filme “Oito Mulheres e um Segredo”, de 2018.

Inaugurado em 1870, é um dos pontos turísticos mais visitados de Nova York, onde os visitantes podem apreciar quadros, esculturas, objetos, entre outros. O acervo conta com mais de dois milhões de obras de arte e coleções milenares que chegam aos 5000 mil anos de história.

Para agendar uma visita é só comprar ingressos pelo site.

Louvre (Paris, França)

Inaugurado em 1793, em plena Revolução Francesa, o Louvre é o maior museu de arte do mundo.

Os visitantes são atraídos anualmente pelo catálogo que abrange as obras de arte de “Mona Lisa”, “Vênus de Milo” e “Madona das Rochas”. Antiguidades egípcias, gregas, romanas, etruscas, islâmicas e do Oriente Próximo são outras coleções famosas.

A compra de ingressos é feita no site oficial, mas é possível conhecer o museu através de visitas virtuais.

Museu Nacional da China (Pequim, China)

Criado em 2003, o Museu Nacional da China é um dos mais visitados do mundo.

O museu objetiva educar seus visitantes sobre a história e arte chinesas com um acervo importante para o país. Com um catálogo com mais de um milhão de itens, nele, há tesouros, obras de arte e artefatos das dinastias Shang, Zhou, Ming, Qin, Tang, Han e Song. 

A entrada é gratuita, basta ir até o museu e apresentar um documento de identificação. Somente para exibições específicas é necessário comprar ingressos.

Museu Britânico (Londres, Inglaterra)

Fundado em 1753 com a aprovação do Rei Jorge II, o museu Britânico contém artefatos de milhares de anos, pertencentes a civilizações de todo o planeta.

No acervo, é possível ver os famosos soldados terracotas encontrados enterrados na China; múmias egípcias; a Pedra Rosetta e muito mais. 

Desde a sua fundação, a entrada é gratuita e o número de visitantes atualmente chega perto de 6 milhões.

Museu Histórico Nacional

Mas se você está no Brasil, o Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro, apresenta uma coleção dedicada à história do Brasil. Com uma programação especial devido a 21ª Semana Nacional de Museus. Ele oferece atividades sobre acessibilidade, origens do território brasileiro e a relevância dos povos originários na sua preservação.

Todos os encontros são gratuitos, em formato on-line e presencial, com emissão de certificado. 

Gostou das dicas? Então já comece a planejar suas viagens! Confira também opções de museus aqui no Brasil!

You may also read!

Dengue e Covid: os diferentes sintomas das doenças

Febre e dor de cabeça são sintomas comuns, e especialistas apontam quais devemos nos alertar.  Davi Sousa O Brasil

Read More...

Como as microssonecas afetam nossa saúde

As “inofensivas” sonecas que duram apenas segundos podem significar uma péssima rotina de sono. Nicoly da Maia As microssonecas

Read More...

Governo lança programa com investimentos de R$ 700 milhões para Amazônia

A parceria com 70 municípios prevê a redução de desmatamentos e incêndios zero até 2030 na Amazônia. Elinelma Vasconcelos

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu