Festival de Fotografia em Amparo é retomado 100% presencialmente

In Cultura, Geral

A programação conta com palestras, exposições, lançamento de livros e passeios fotográficos.

Natália Góes

O festival Amparo em Foco acontece de 07 a 24 de abril de 2022, com todas as suas atividades 100% presenciais e gratuitas. O evento tem como objetivo a difusão da arte fotografia, além de divulgar o turismo, a arquitetura e a cultura do município.

A organização do evento preparou uma grande programação com exposições, palestras, oficinas, workshops, saídas fotográficas, lançamentos de livros e exibição de um filme produzido na região.

O evento acontece na cidade de Amparo, que fica localizada no Circuito das Águas Paulista, no interior de São Paulo. O festival conta com a realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal, com patrocínio das empresas Rousselot e Peptan, e tem produção das empresas Mogiana Produções e a Renovarte Produção Cultural.

Programação

Criado em 2016, o evento recebe visitantes e fotógrafos (hobbistas, amadores e profissionais) de diversas cidades. Estão programados para o evento lançamentos de livros, exposições, workshops, oficinas, palestras e saídas fotográficas.

Das exposições, acontecerá a exposição coletiva em comemoração aos 200 anos da independência do Brasil com o nome “Independência Cultural”. A outra é a “Street Expo Photo 2021”, considerada a maior exposição fotográfica coletiva a céu aberto, com suas 230 fotografias, de 126 artistas do Brasil e do exterior, apresentando imagens com o tema “livre expressão artística”.

Acontecerá também o lançamento de três livros, com rodas de conversas com  os autores. Um destaque para o livro escrito por Marcella Grecco, o qual aborda a trajetória de Jacyra Martins da Silveira, que nasceu em Amparo, em 1904, e ficou conhecida como Cleo de Verberena, a primeira mulher a produzir e dirigir um filme no Brasil. Outros livros que serão lançados são “O Vaqueiros das Águas”, de Valdemir Cunha, e “MRossi Live Rock Photography”, de Marcelo Rossi.

Haverá palestras com profissionais, curadores, editores de publicações segmentadas, produtores culturais e pesquisadores especializados em processos fotográficos. Dentro da programação ainda existirá workshops e oficinas abordando temas como câmera pinhole, Light Paint, Fotofolio Artesanal, Estúdio Fotográfico, Equipamento Fotográfico: do filme ao digital, sistemas e formatos.

Com a estrutura arquitetônica e patrimônio histórico, além do meio ambiente a organização do evento irá aproveitar o cenário da cidade para as saídas fotográficas, uma que irá desbravar a “Fauna e Flora no Sítio Duas Cachoeiras”, e o “Amparo PhotoWalk”, onde os participantes vão passear pelo centro histórico da cidade recebendo dicas e técnicas de fotografia de arquitetura.

Oficinas e Workshops

Lulu Ferreira, formada pela Faculdade Belas Artes de São Paulo, responsável por algumas oficinas do evento, revela a importância do evento e o impacto que a comunidade terá na área de conhecimento, turismo e lazer. “Os workshops mudam a visão por estarem trazendo de forma compacta uma “novidade” ou oportunidade de adquirir conhecimento que possivelmente seria muito demorado de ter, ou acesso difícil. Nos festivais , o lazer e descobrimento para o participante”, destaca.

A organizadora ainda traz algumas dicas para as pessoas que querem começar e buscar mais conhecimento na área da fotografia, onde primeiro elas precisam procurar saber do que se trata e ter aproximação com o assunto. “ Mesmo quem definitivamente não goste, no simples saber do que se trata pode ser fundamental para um “futuro” desempenho no assunto. O afastamento do preconceito relacionado ao assunto do evento também enriquece o indivíduo na hora de saber classificar no caso da fotografia, este festival pode ser mais valioso, e rico de conhecimento”.

A programação completa com datas, horários, locais e inscrições está no site oficial do evento, no Facebook e no Instagram.

You may also read!

Como são medidos os terremotos?

Os sismógrafos são os instrumentos que registram as ondas sísmicas provocadas pelo movimento das placas tectônicas. Davi Sousa Dois

Read More...

Você conhece a Síndrome de Wendy?

Quando o cuidado excessivo se torna uma armadilha. Nicoly da Maia No dia a dia, muitas pessoas colocam as

Read More...

Enxaqueca aura: entenda como funciona e como tratar

Dentre os três tipos de enxaqueca, a com aura é a que se caracteriza pelas alterações sensoriais.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu