Jogo on-line “Termo” estimula a competição saudável e exercita o cérebro

In Ciência e Tecnologia, Geral

Os usuários discutem acerca da palavra do dia e compartilham seus resultados com os demais jogadores através do Twitter.

Gustavo H. Timachi 

O jogo on-line “Termo ou Termooo” entrou nos trending topics do Twitter recentemente por desenvolver e aprimorar em seus jogadores a capacidade de dedução. A partir de uma única dica sobre a posição de uma determinada letra em uma palavra de cinco caracteres, o jogador deve descobri-la por completo, em apenas 6 tentativas. 

A capacidade de associação com poucos pontos de referência nutre na mente humana a criatividade e a capacidade de “pensar fora da caixa”, forçando o usuário a buscar horizontes totalmente diferentes do que ele já está acostumado.

A psicóloga do Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP), Ellen Jully Lima Britto, explica que a parte do córtex pré-frontal do cérebro é a mais utilizada neste tipo de jogo. “Uma vez que essa região é responsável pelo raciocínio lógico, matemático, racional e pelo processamento de informações, no momento que se joga o Termo, se libera um alto nível de dopamina, devido ao fato de se sentir engajado e feliz quando conclui-se o jogo com êxito, além da constante competição com os amigos e sensação de felicidade quando há a superação de seus próprios recordes”, afirma.

Dia após dia uma nova palavra é lançada no Termooo, fazendo com que o game volte a ser o assunto do momento todos os dias pela manhã. Após acertar uma palavra no Termooo, tem-se um cooldown até que se renove a palavra. A palavra do dia é renovada todos os dias às 24h, no horário de Brasília.

Matheus Miranda, jogador do Termo, conta que se trata de um passatempo divertido, justamente por ocorrer uma vez por dia. ”Ao jogar com frequência o Termo, a agilidade no sacar, a palavra é cada vez mais otimizada. O legal é a competição com os amigos, né? Eles falam: ah acertei na terceira vez, na quarta vez; e tu sempre tentando superar”, ressalta. 

Jogos afetam a vida acadêmica?

A psicóloga ainda relata que os jogos de raciocínio lógico, no geral, não tem relação direta com o mundo acadêmico. “Jogar o Termo ou jogos desse gênero não vão diretamente influenciar o desempenho acadêmico do estudante, mas sim abrir uma série de conexões neurológicas de associação, para que o mesmo tenha uma maior velocidade em determinadas tarefas específicas”, finalizou. 

Grande parte da popularização do jogo se deu graças ao fato de haver uma única palavra para todos os usuários e apenas seis chances de acertá-la. Isso desperta no jogador uma vontade de mostrar que ele pode conquistar e em quantas tentativas ele conseguiu.

You may also read!

Jovens se sentem mais felizes sem o celular, diz pesquisa

Entenda como os adolescentes lidam com o tempo de tela. Luiza Strapassan O uso do celular entre os jovens

Read More...

Programas de exercícios melhoram a qualidade de vida de pacientes com câncer de mama metastático

A atividade física é benéfica para pacientes com câncer de mama avançado, melhorando a qualidade de vida, reduzindo a

Read More...

Hábito de roer as unhas atinge até 30% da população global

Roer as unhas pode parecer uma reação normal ao estresse e ansiedade, mas pode apresentar nocividade à saúde. Eduardo

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu