Médicos trabalham intensamente desde o início da pandemia em Parnarama

In Geral, Saúde

Apesar do colapso na saúde com a segunda onda da pandemia da Covid-19, serviços médicos permanecem sem redução no número de atendimentos em outras áreas da saúde

Sara Helane

Serviços hospitalares do Maranhão atendem prioritariamente os pacientes infectados com o vírus da Covid-19,  entretanto, os médicos continuam sem sofrer redução no número de pacientes atendidos. A alta no número de casos de contaminação se deu devido à chegada da segunda onda no município e as zonas rurais são mais afetadas.

Um boletim epidemiológico emitido no site da prefeitura de Parnarama registrou 1.104 casos confirmados e 17 mortos pelo vírus da Covid-19 até 21 de março. No município, os serviços médicos e em outras áreas da saúde permanecem sem redução no número de atendimentos.

O acesso da população rural a esses atendimentos é limitado. Os moradores precisam ir de carro ou por meio de ambulâncias, pois os hospitais e clínicas se encontram na zona urbana do município. Francimar Cavalcante, atendente de consultório, explica que a prioridade  do atendimento é destinado à população rural. Ele relata que o trabalho fica sobrecarregado pois a policlínica atende cerca de 10 comunidades do Piauí, estado vizinho ao Maranhão.

Samuel Vieira, morador de uma comunidade da zona rural, conta sobre como foi recebido em uma das clínicas:  “A gente percebe que o atendimento nas outras áreas é regular e rápido, e quando você chega já é logo atendido.” Segundo o site do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dos 11.509 endereços registrados em Parnarama, 6.696 são somente na população rural, o que corresponde a pouco menos de 60% da sua população total. 

Medidas para conter o avanço da pandemia

Para conter o avanço da pandemia, em Parnarama, foi criado o Centro Covid-19, destinados aos pacientes infectados pelo novo Coronavírus. Além do programa,  as Unidades Básicas de Saúde (UBS) também prestam serviços a população do município.  O uso de máscaras e álcool em gel são obrigatórios em todo Parnamara.

You may also read!

Jovens se sentem mais felizes sem o celular, diz pesquisa

Entenda como os adolescentes lidam com o tempo de tela. Luiza Strapassan O uso do celular entre os jovens

Read More...

Programas de exercícios melhoram a qualidade de vida de pacientes com câncer de mama metastático

A atividade física é benéfica para pacientes com câncer de mama avançado, melhorando a qualidade de vida, reduzindo a

Read More...

Hábito de roer as unhas atinge até 30% da população global

Roer as unhas pode parecer uma reação normal ao estresse e ansiedade, mas pode apresentar nocividade à saúde. Eduardo

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu