Motoristas de aplicativo adaptam seus ganhos após elevações no preço da gasolina

In Economia, Geral

Ajuste anunciado pela Petrobras revela aumento de 18,8% no preço médio dos combustíveis. Decisão tem impactado motoristas e passageiros.

Rayne Sá

A Petrobras anunciou um novo reajuste para os combustíveis na quinta-feira (10). O valor da gasolina que, anteriormente, era de R$ 3,25 por litro, passou para R$ 3,86, e o diesel de R$ 3,61 para R$ 4,51. Um aumento de 18,8% que impacta, especialmente, aqueles que utilizam o carro como principal fonte de renda.

Em nota publicada, a empresa justifica os ajustes e reitera o compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado.Esses valores refletem parte da elevação dos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente a demanda mundial por energia,” afirma em comunicado. 

Impactos para motoristas e passageiros

Segundo o motorista de aplicativo, Leandro Marques de Souza, o aumento da gasolina teve um impacto extremamente significativo na vida do profissional da área. “O combustível é o insumo principal para a gestão desse sistema e está altamente entregue a ele. Esse reajuste prejudica muito, já que diminui os lucros do motorista”, declara. 

Para aqueles que utilizam o carro para trabalho, uma das alternativas têm sido aumentar o valor das corridas, rodar fora do aplicativo, fazer corridas particulares com clientes já conhecidos, ou, como desabafa Leandro, “o desemprego e a falta de opção obrigam motoristas a desistirem da profissão”.

Os impactos, porém, não refletem negativamente apenas na vida dos motoristas, mas também na vida daqueles que utilizam frequentemente os seus serviços. Nesse sentido, a professora Vanessa Santiago, que usa os aplicativos pelo menos duas vezes na semana, relata as dificuldades que está tendo. “Os valores muito acima dos normais, sempre. Além de menos carros disponíveis. O que também ajuda a aumentar os valores”, diz.

Para ela, utilizar esse meio de transporte significa não passar mal em outras conduções — trem, ônibus e metrô, que são sempre muito cheios —, devido à sua síndrome do pânico. “Sendo assim, com esse aumento muitas vezes deixo de fazer algumas coisas, pois os valores ficam inacessíveis”, finaliza. 

Reajustes 

Em comunicado, a 99, considerada uma das principais alternativas de transportes por aplicativo do país, anunciou o “Adicional Variável de Combustível”, para motoristas parceiros. Esse é um benefício que faz com que os ganhos dos parceiros acompanhem as variações de valor da gasolina. A iniciativa visa usar como base o aumento médio do combustível dos últimos 12 meses. Além disso, a companhia aumentou em 5% os ganhos por km rodado dos condutores, o acréscimo passou a valer no domingo (13). A Uber também elevou o ganho de seus motoristas em 6,5%, mas não especificou até quando irá disponibilizar esse benefício. 

You may also read!

Você conhece a Síndrome de Wendy?

Quando o cuidado excessivo se torna uma armadilha. Nicoly da Maia No dia a dia, muitas pessoas colocam as

Read More...

Enxaqueca aura: entenda como funciona e como tratar

Dentre os três tipos de enxaqueca, a com aura é a que se caracteriza pelas alterações sensoriais.

Read More...

Cidadãos sem registro ainda são problema no Brasil

Cerca de 2.7 milhões de brasileiros não possuem certidão de nascimento. Gabrielle Ramos O registro de nascimento é um

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu