Naturalização no Brasil dispara desde 2010

In Geral, Mundo, Política

Em 2023 mais de 10 mil pedidos de naturalização foram deferidos.

Maria Eduarda Tomaz 

O número de processos de naturalização no Brasil chegou a 10.758 em 2023, de acordo com o Ministério da Justiça. Após o preenchimento do formulário na plataforma “Naturalize”, e o  agendamento em uma unidade da Polícia Federal, pode-se solicitar o documento de naturalização brasileira. 

Todo esse processo vem sendo incentivado, por garantir o direito como cidadão dos estrangeiros, além de contribuir economicamente e socialmente para o país.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública não possui as informações consolidadas do número de solicitações, e da nacionalidade daqueles que pediram o documento de 2010 a 2018.

Para evitar que falte informações importantes dos solicitantes, no início de 2024 foi implementado um novo sistema, no qual pode-se analisar a nacionalidade dos solicitantes. Até agora em 2024, o maior número de naturalizados é de origem haitiana, sendo 170 pessoas, e o menor número, 37, de origem cubana.

Indeferimentos

Apesar da alta no número de naturalizações, nem todos os casos dão certo. O número de indeferimentos (rejeição dos pedidos) em 2023 foi o segundo maior, sendo o ano de 2022 o maior com 10.427 pedidos (no último ano do governo Bolsonaro).

O que causa os indeferimentos é a “‘documentação requerida incompleta’’ durante o processo. Para facilitar, a próxima etapa (em andamento), é o uso da ferramenta de sistematização dos dados de processos indeferidos, que estão previstos para o fim deste mês, segundo o ministério. 

You may also read!

Jovens se sentem mais felizes sem o celular, diz pesquisa

Entenda como os adolescentes lidam com o tempo de tela. Luiza Strapassan O uso do celular entre os jovens

Read More...

Programas de exercícios melhoram a qualidade de vida de pacientes com câncer de mama metastático

A atividade física é benéfica para pacientes com câncer de mama avançado, melhorando a qualidade de vida, reduzindo a

Read More...

Hábito de roer as unhas atinge até 30% da população global

Roer as unhas pode parecer uma reação normal ao estresse e ansiedade, mas pode apresentar nocividade à saúde. Eduardo

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu