O impacto da aparência pessoal no ambiente de trabalho

In Cultura, Geral

O ditado popular “a primeira impressão é a que fica” nunca foi tão real.

Monise Almeida

Além da aparência pessoal influenciar na autoconfiança e autoestima, ela também pode afetar o comportamento e o sucesso profissional do colaborador no ambiente de trabalho. A empresa americana de cosméticos masculinos, Dollar Shave Club, conduziu uma pesquisa com 2 mil fontes e revelou que a primeira impressão sobre as pessoas é formada em menos de 30 segundos.

Existem vários fatores que contribuem para uma boa primeira impressão, entre eles estão o perfume natural, expressões faciais, vestimenta e expressões corporais, que são avaliados logo nos primeiros segundos. “No ambiente de trabalho, por exemplo, o que vestimos comunica. Uma roupa apropriada, um cabelo limpo e alinhado, unhas bem cuidadas, passa uma imagem de autocuidado e proporciona maior credibilidade. As chances dessa pessoa ser promovida são bem maiores do que uma pessoa que não cuida da aparência”, explica a consultora de imagem e estilo, Bruna Hillesheim. 

Além da aparência e cuidados pessoais impactarem na forma como as pessoas veem umas às outras, ela também está ligada com a forma que elas se comportam. “Uma boa aparência está relacionada com a autoconfiança e com a satisfação ou insatisfação da pessoa. A pessoa que cuida de si, passa credibilidade às pessoas à sua volta. Elevando assim sua autoestima, consequentemente a sua qualidade de vida”, acrescenta Bruna. 

Impacto da aparência no trabalho

Uma jovem empresária de 19 anos chamada Isabela Fischer, tem uma loja de roupas no centro da cidade de Artur Nogueira e conta que em seu dia a dia no trabalho sente a diferença quando escolhe se arrumar e quando não. “Ao me vestir ou maquiar adequadamente para trabalhar, me sinto mais disposta e confortável. Além disso, vejo diferença na reação do cliente. Ele sente mais autoridade e confiança no que estou falando e facilita as vendas. Se vestir bem aumenta nossa auto confiança e passa credibilidade para o próximo”, enfatiza Isabela.

Devido essa necessidade do mercado, no Brasil houve um aumento na busca por uma melhor aparência nos últimos anos. Conforme os dados são da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos ABIHPEC, os brasileiros consumiram 22% de perfumes no primeiro quadrimestre de 2021, em relação ao mesmo período do ano passado. As maiores procuras foram pelos femininos 26%. As fragrâncias masculinas registraram aumento de 15% nas vendas. Sendo assim, o Brasil já se tornou o país que mais gasta com perfumes no mundo.

Conforme a psicóloga e professora universitária Vera Lellis, características da personalidade que não se tem a oportunidade de comentar a respeito, podem ser expressas através da nossa comunicação não verbal. “A gente se comunica muito sem abrir a boca. Os nossos gestos e até a cor que usamos ao se vestir fala sobre nossa personalidade e sobre como estamos nos sentindo”, enfatiza.

Causar uma imagem positiva no primeiro momento pode facilitar áreas da vida profissional e contribuir para as relações sociais. Porém, o contrário também é verdadeiro “podemos repelir sem abrir a boca, sem nem perceber. Pequenas atitudes, ou formas de se expressar como ficar sempre na defensiva, pode afastar as pessoas de perto da gente”, complementa Vera. 

A questão principal não é sobre padrões de beleza, mas sim cuidados com a estética e higiene de forma geral. Pois a aparência pessoal e o sucesso profissional andam juntos. Um estudo feito pela Universidade do Estado de Michigan, dos EUA, apontou que pessoas consideradas bem cuidadas esteticamente são mais bem tratadas, mesmo levando em conta fatores como gênero, idade e tempo de trabalho na companhia. 

Como melhorar a aparência no ambiente de trabalho

Em um post para o Instagram, a consultora de imagem pessoal Karoline Hoffmann, compartilhou dicas para se destacar no ambiente de trabalho e 6 passos para uma melhor imagem profissional: 

1. Primeiro é necessário que identifique o grau de formalidade do seu trabalho, observe colegas da mesma área, chefia, clientes, perceba como em maioria se apresentam e tente se aproximar dessas características;

2. Saiba qual seu estilo pessoal e equilibre com a imagem profissional, nada pior do que se vestir para o trabalho e não se sentir bem, além de prejudicar como pessoa prejudica sua produtividade;

3. Ter uma boa imagem profissional não está ligado a usar roupas caras, você terá sucesso com uma simples camiseta, desde que esteja bem cuidada, limpa, passada e adequada ao momento;

4. Lembre a imagem não é somente sobre roupas é necessário ter cuidado com os sapatos, cabelos, maquiagens e acessórios;

5. Sua postura e imagem nas redes sociais, ou qualquer ambiente virtual, interferem diretamente no sucesso da sua imagem, tenha coerência on-line com o off-line.

6. A imagem profissional é composta por quatro pilares, aparência, comportamento, comunicação e presença digital, cuide de todos e conecte sua essência ao ambiente de trabalho;

“A sua aparência pessoal é o seu cartão de visita quando entender sua imagem irá usar a seu favor. A boa aparência é algo que vai muito além da vida pessoal influenciando diretamente no seu sucesso profissional”, finaliza a consultora Karoline.

You may also read!

Empresas obrigam retorno ao trabalho presencial

Funcionários que já se adaptaram ao home office têm dificuldade com a medida. Gabrielle Ramos Durante a pandemia do

Read More...

“Memórias Póstumas de Brás Cubas” faz sucesso nos EUA

O livro se encontra em primeiro lugar nas vendas da Amazon de literatura latina após viral na internet. Davi

Read More...

Japão: o centro da convergência cultural entre oriente e ocidente

Série Xógum retrata relações conflituosas no Japão antigo que permanecem preocupações econômicas e políticas no Japão contemporâneo.  Paula Orling

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu