PSL pode implantar “filtro ideológico”

In Política

Giancarllo Batistoti

Após expulsão do deputado Alexandre Frota do Partido Social Liberal (PSL), o presidente Jair Bolsonaro pressiona o partido a criar um filtro ideológico. A medida foi proposta para evitar a entrada de políticos desajustados com ideias do atual governo. Internamente, a decisão é vista como um ato de “limpeza”. O partido busca se alinhar à imagem do presidente , moldando aqueles que não seguirem as diretrizes. Em contrapartida, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, iniciou sua campanha filiado ao PSL dizendo não ser um “mini-bolsonaro”, e vai contra a “maré” do presidente. Carlos é abertamente contra o uso de agrotóxicos e se mostra aberto a pauta de direitos LGBTs e de grupos indígenas.

You may also read!

“Memórias Póstumas de Brás Cubas” faz sucesso nos EUA

O livro se encontra em primeiro lugar nas vendas da Amazon de literatura latina após viral na internet. Davi

Read More...

Japão: o centro da convergência cultural entre oriente e ocidente

Série Xógum retrata relações conflituosas no Japão antigo que permanecem preocupações econômicas e políticas no Japão contemporâneo.  Paula Orling

Read More...

Entenda a polêmica da PEC das praias

A polêmica levou o relator da proposta no Senado, Flávio Bolsonaro, a afirmar que vai alterar o texto da

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu