Atribuir tarefas para as crianças contribui no aumento da independência

In Cultura, Geral

Saiba porque envolver as crianças nas tarefas de casa pode contribuir para que elas sejam mais independentes e responsáveis. 

Estefany Antunes

Você encoraja seu filho a colaborar nas tarefas de casa? Atribuir responsabilidades aos pequenos pode contribuir para o desenvolvimento da autonomia, coordenação motora e autoestima, ainda auxiliando o seu desenvolvimento e a inclusão na sociedade. A independência das crianças está ligada a forma com que os pais educam e ensinam em momentos diferentes do dia a dia.

“Quando pensamos em independência e responsabilidade é de suma importância que seja ensinado ainda na infância. No decorrer da vida, em situações que demandem independência, essa criança se tornará um adulto que sabe como reagir e lidar diante do evento”, comenta a psicóloga infantil Aline Lima. 

Envolver as crianças nos afazeres de casa pode ser difícil porque demanda tempo, porém, traz muitas vantagens a longo prazo. É nesse momento em que aprendem a disciplina, empatia e também descobertas sobre suas novas habilidades.

É importante fazer o convite aos pequenos, de forma natural e leve, sempre visando o seu bem-estar. Idália Alves é mãe de dois filhos, Gabriel, de 10 anos, e Luiza, de 4 anos. Quando as crianças estão indispostas, ela fala palavras de incentivo, enfatizando sempre que a ajuda delas é muito importante e que são excelentes ajudantes. 

O elogio está sempre presente na rotina de tarefas da família. “Percebi que depois que Luísa começou a ajudar, ela ficou mais organizada. Sempre quando chega da escola, já coloca as coisas no lugar”, cita Idália. 

Como incluir as crianças nas tarefas diárias?

Envolver as crianças não é uma tarefa fácil para os pais, mas algumas atitudes contribuem para que a ajuda aconteça de forma natural. Confira algumas dicas deixadas pela psicóloga Aline:

  • Não faça tudo por eles (permita que eles ajudem na sua rotina);
  • De espaço para que eles tentem realizar algo e se errarem mostre como fazer corretamente; 
  • Deixe que as crianças façam escolhas (a roupa, o sapato, escolher algum     alimento/brinquedo); 
  • Estimule em atividades básicas como guardar o brinquedo/colocar a mamadeira no lugar certo;
  • Deixe que os pequenos se alimentem sozinhos, pois isso ajuda na coordenação motora;
  • Tente não agir de maneira superprotetora, mas sempre se mantenha perto.

A importância de começar cedo

Um estudo feito pela Universidade de Minnesota coletou dados ao longo de mais de 20 anos, trazendo informações sobre o tema. De acordo com o estudo, o melhor preditor do sucesso no início da juventude, analisando fatores como a conclusão das etapas educacionais, a carreira profissional e os relacionamentos pessoais, acontece se os participantes começaram a fazer atividades domésticas quando ainda eram pequenos, por volta de 3 a 4 anos.

A pesquisadora Kris Loubet finaliza dizendo que as tarefas domésticas parecem ter uma “recompensa”, além de fazer com que as crianças aprendam a manter uma casa em ordem. “Todos os pais com quem trabalho sonham com o sucesso nessas áreas para seus filhos”, completa a pesquisadora em seu estudo.

Embora haja estudos e pesquisas feitas sobre o assunto, os pais ainda têm dúvidas se devem ou não atribuir tarefas às crianças. Delegar tarefas para os filhos é indicado desde que seja feito de maneira correta e pensando na sua faixa etária. “A melhor idade para envolver elas é a partir do momento que conseguimos observar que são capazes de realizar a atividade proposta”, finaliza Aline Lima.

You may also read!

Dengue e Covid: os diferentes sintomas das doenças

Febre e dor de cabeça são sintomas comuns, e especialistas apontam quais devemos nos alertar.  Davi Sousa O Brasil

Read More...

Como as microssonecas afetam nossa saúde

As “inofensivas” sonecas que duram apenas segundos podem significar uma péssima rotina de sono. Nicoly da Maia As microssonecas

Read More...

Governo lança programa com investimentos de R$ 700 milhões para Amazônia

A parceria com 70 municípios prevê a redução de desmatamentos e incêndios zero até 2030 na Amazônia. Elinelma Vasconcelos

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu