Café da manhã reforçado ajuda a controlar o apetite

In Geral, Saúde

Pesquisas mostram que mudar horário das refeições mais reforçadas traz inúmeros benefícios para a saúde.

Bruna Schaun

Uma equipe de cientistas da universidade de Aberdeen, na Escócia, descobriu que optar por um café da manhã farto e saudável ajuda a controlar o apetite ao longo do dia. A pesquisa, que durou dois meses, contou com 30 voluntários e mostrou que um desjejum reforçado ajuda nos níveis de apetite e fome, o que faz com que as pessoas consigam manter uma dieta.

Durante o período da pesquisa, os voluntários receberam as refeições já preparadas para eles. O café da manhã, almoço e jantar, somavam juntos cerca de 1700 calorias. No primeiro mês, eles passaram tomando um café da manhã que totalizava quase metade das calorias que eles estavam consumindo diariamente. Já no segundo mês, o mesmo foi feito com o jantar.

Além de ajudar na perda de peso, ter rotina com a alimentação e comer bem pela manhã e menos à noite ajuda no controle da pressão arterial e ajuda a melhorar a qualidade do sono, já que proporciona ao corpo um jejum noturno maior.

Mas o que seria um desjejum reforçado e saudável?

“Um desjejum saudável é aquele onde todos os nutrientes necessários para a manutenção das funções corporais estão presentes. Um bom exemplo é um desjejum que contenha boas fontes de proteína, fibras, carboidratos e gorduras de boa qualidade”, comenta a nutricionista Taíse Meirelles.

Taíse também explica um pouco quais os motivos de se ter muita vontade por doces, principalmente quando café da manhã é deixado de lado. “Quando uma grande demanda energética é deixada de ser suprida acontecem desequilíbrios. Então, é possível ter compulsão por doces quando se é restrito a algo importante”, afirma.

A refeição mais importante do dia

Maria Eduarda Oliveira, estudante de Psicologia, conta como foi ter tido o hábito de se alimentar pela manhã durante toda a infância. “Desde pequena minha mãe fazia eu tomar café antes de ir pra escola, isso me trazia mais disposição, aguentava bem até o almoço e meu metabolismo era mais rápido”, ressalta.

Maria continua falando de sua experiência na vida adulta, quando suas atividades fizeram seus dias ficarem corridos e o quanto isso prejudicou seu desempenho na academia, já que a falta do café a deixava cansada e com pouco desempenho ao fazer os exercícios. Além disso, fazia com que ela compensasse o que não comeu pela manhã na sua refeição noturna.

Ainda não está claro o porquê de um café da manhã reforçado reduzir o apetite. Uma das hipóteses da pesquisa é de que os sistemas de recompensa do cérebro estejam esperando pela refeição, uma vez que quebra o jejum de uma noite inteira.

You may also read!

Conheça o benefício do povo

O governo brasileiro dispõe de benefícios sociais à população que são programas de transferência de renda oferecidos pela União

Read More...

Número de médicos no Brasil quadruplica e desigualdade persiste

Relatório reafirma o que muitos já sabem: a desigualdade não é uma preocupação. Lucas Pazzaglini A notícia não é

Read More...

Cerca de 70% dos trabalhadores mentem em seus currículos

De acordo com nova pesquisa de Comportamento de Candidatos a Emprego, foi descoberto taxas altas de mentira no processo

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu