Dia Nacional do Livro Infantil: leitura como ferramenta de desenvolvimento

In Cultura, Geral

A prática da leitura contribui para o desenvolvimento de capacidades como pensar, interpretar, falar, aprender e conviver.

Yasmim Ferreira

Segundo um estudo do Núcleo Ciência pela Infância, as experiências vivenciadas durante a primeira infância, ao serem estimuladas, irão contribuir na capacidade cognitiva, motora, afetiva e social das crianças. Países que implementaram programas de desenvolvimento infantil como a educação, alcançaram resultados significativos.

Como foi o caso de um programa brasileiro, que teve como objetivo desenvolver crianças pequenas de baixa renda através do incentivo à leitura.  O programa foi estudado por pesquisadores do Instituto Alfa e Beto em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade de Nova York ( NYU), e publicou os resultados na revista científica Pediatrics através de um artigo. Uma das pesquisadoras da NYU, Adriana Weisleder explicou que “diversos estudos americanos já mostraram que a leitura é um ótimo contexto para promover o desenvolvimento da linguagem da criança”. 

Incentivo à leitura

Em vista disso, no dia 18 de abril se comemora o Dia Nacional do Livro Infantil. A data marca o nascimento do escritor Monteiro Lobato, considerado o pai da literatura infantil brasileira. É uma data que homenageia o escritor e celebra esse tipo de literatura com o objetivo de incentivar e conscientizar as pessoas a respeito da importância da leitura infantil.

A professora e autora de livros infantis Zil Ribas comemora o dia, ao refletir que é uma data importante. “Viva o livro! –, eu digo sempre. Especialmente, viva o livro infantil, que carrega essa potência essencial de despertar o amor pelos livros; um amor que quanto mais cedo nascer, mais haverá de perdurar”, conta.

O hábito da leitura é algo levado a sério na vida da família da Camilla Fêo. “Sempre tivemos livros em casa. Desde a adolescência, desenvolvi o hábito de ler livros e sonhava em transmitir o mesmo apreço aos meus filhos”, comenta a empresária.

Camilla é mãe de quatro meninas, e sentia que precisava estabelecer esse hábito na vida das crianças de forma definitiva. Ela diz que levou alguns meses até pegarem gosto, mas, atualmente, são leitoras ávidas. 

Benefícios ao longo da vida

A psicopedagoga Aluah Bianchi, coordenadora pedagógica e dona do Instagram “@muralpedagogia”, incentiva os pais de seus alunos e os internautas a inserirem hábitos saudáveis em suas vidas, tendo como foco a leitura. Bianchi aprendeu a gostar da leitura em casa. “Meus pais tinham esse hábito comigo desde pequena, e considero que isso fez toda diferença na minha formação cultural e intelectual”, aponta. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), inserir hábitos saudáveis nos primeiros anos de vida gera impacto não só no desenvolvimento da criança, mas em sua saúde ao decorrer da vida. A organização também orienta sobre os benefícios que algumas atividades podem trazer às crianças, sendo uma das vantagens o ganho de vocabulário. “Elas acabam sendo expostas a muito mais palavras do que seriam em nosso cotidiano, consequentemente, a compreensão delas amplia, bem como a capacidade de comunicação”, complementa Camilla.

As telas e o livro físico

Em 2019, a OMS lançou um guia com orientações para crianças com menos de 5 anos. Para os períodos em que a criança ficar sentada, a publicação recomenda a substituição de telas (celulares, tablets e TV) por atividades como leitura e apresenta o tempo de sono recomendado por faixa etária.

Para Camilla, é importante que a leitura seja feita de forma física, pois assim a criança pode ver o livro, pegar, folhear e aprender a zelar por ele, algo que as telas não proporcionam. Assim como Camilla, Aluah também prefere livros físicos e diz que “é muito bom digitar uma palavra por exemplo e ter acesso instantâneo ao seu significado sem precisar procurar no dicionário. No entanto, essa facilidade nos torna acomodados, nos atrofia”.

You may also read!

Como são medidos os terremotos?

Os sismógrafos são os instrumentos que registram as ondas sísmicas provocadas pelo movimento das placas tectônicas. Davi Sousa Dois

Read More...

Você conhece a Síndrome de Wendy?

Quando o cuidado excessivo se torna uma armadilha. Nicoly da Maia No dia a dia, muitas pessoas colocam as

Read More...

Enxaqueca aura: entenda como funciona e como tratar

Dentre os três tipos de enxaqueca, a com aura é a que se caracteriza pelas alterações sensoriais.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu