Como as escolas estão se adaptando ao novo Ensino Médio

In Educação, Geral

Algumas cidades do Brasil ainda estão se adaptando ao novo Ensino Médio, com projeto iniciado em 2018 e concluindo a implementação em 2022.

Nycole de souza

O novo Ensino Médio começou a ser implantado em todas as escolas do Brasil no início deste ano letivo. O projeto iniciado em 2018 pelo Governo Federal teve a implementação apenas em 2022. 

Os alunos precisam escolher pelo menos uma dessas matérias para entrar na grade curricular: Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Humanas e Sociais Aplicadas e Formação Técnica e Profissional. O objetivo para essas novas matérias é ajudar os jovens com habilidades necessárias para o dia a dia.

Neste ano, a série que irá receber essa mudança vai ser o 2° ano do Ensino Médio e em 2023 começará com o 3° ano. 

Escolas que estão começando com esse novo ensino

Walquiria Barboza, professora do EJA (Educação de Jovens e Adultos) de Brasília-DF, conta como foi a mudança nas grades curriculares dos alunos e como está sendo o novo formato. “Em Brasília (DF), o novo Ensino Médio está funcionando apenas em uma escola chamada de escola piloto. Essa escola possui as novas disciplinas presenciais para logo em seguida começarem nas outras escolas também. Tem a opção de trocar as matérias pelas novas ou apenas acrescentar nas matérias”, relata. 

A professora comenta sobre a escola onde dá aula. “Em Goiás, as escolas que possuem as aulas na parte da noite têm as aulas complementares on-line. Os alunos recebem um link e através dele conseguem participar das aulas usando a própria matrícula. Elas são como curso por bimestre e recebem um certificado ao finalizar o ano com os cursos concluídos”, explica. 

Algumas opções destes cursos para se fazer são: Agropecuária, Auxiliar de Logística, Auxiliar Técnico de Produção Agroecológica e Assistente Financeiro. Walquiria continua dizendo que “as escolas na parte do dia estão sendo diferentes na forma de ensino. As novas matérias já estão inclusas na grade e os próprios professores estão dando as aulas”. 

Em 2021, a escola Dom Paulo Rolim Loureiro, em São Paulo, começou a implementação do novo Ensino Médio, mas os aprofundamentos propriamente ditos começaram este ano. 

A diretora do colégio, Ana Maria, comenta como foi a implementação do novo ensino. “A implementação começou em meio a pandemia, por isso acredito que posso dizer que foi tranquila. Fizemos as formações de professores, alunos e responsáveis de forma remota, com as devidas orientações sobre o que são os Itinerários Formativos e seus aprofundamentos curriculares”, relata. 

A diretora também diz que no início teve um estranhamento mas a adaptação foi de forma tranquila. “Na prática, ficou mais fácil para entender, tanto para os alunos como professores, inclusive em relação às escolhas que os alunos fizeram no ano anterior, alguns conseguem entender agora a importância de uma escolha bem feita”, ressalta.  

 

You may also read!

Dengue e Covid: os diferentes sintomas das doenças

Febre e dor de cabeça são sintomas comuns, e especialistas apontam quais devemos nos alertar.  Davi Sousa O Brasil

Read More...

Como as microssonecas afetam nossa saúde

As “inofensivas” sonecas que duram apenas segundos podem significar uma péssima rotina de sono. Nicoly da Maia As microssonecas

Read More...

Governo lança programa com investimentos de R$ 700 milhões para Amazônia

A parceria com 70 municípios prevê a redução de desmatamentos e incêndios zero até 2030 na Amazônia. Elinelma Vasconcelos

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu