Doenças do coração: a principal causa de óbitos no Brasil e no mundo

In Geral, Saúde

Estima-se que 400 mil pessoas morrerão de doenças cardiovasculares até o final do ano no Brasil.

Raquel Condor

As doenças cardiovasculares são a principal causa de mortes no Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e no mundo, segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). A SBC estima que aproximadamente 400 mil brasileiros morrerão por problemas do coração até o final do ano. Até a data de hoje, já foram registradas mais de 275 mil mortes no Brasil por doenças cardíacas, conforme o Cardiômetro (indicador de mortes da SBC). 

Os sintomas variam de acordo com o tipo de enfermidade. Os fatores que aumentam o risco de doenças cardíacas são: colesterol elevado, sedentarismo, obesidade, tabagismo, entre outros. 

Síntomas das doenças cardiovasculares

Os sintomas das enfermidades cardíacas variam dependendo do tipo de doença do paciente. Também existe a possibilidade da pessoa não apresentar nenhum sintoma e ser diagnosticada apenas ao acaso. 

A Dra. Sheyla Marchan explica que os sintomas variam de acordo com o tipo de doença cardíaca. “A doença cardíaca isquémica pode causar angina (dor no peito), a doença cardíaca congênita (dependendo do tipo) pode causar cianose e a doença cardíaca hipertensiva pode causar dispneia ao andar (falta de ar) e edema”, explica.

A senhora Nemesia Flores conta que desde os 50 anos sofre de arritmia e diz que os sintomas que apresentava antes de descobrir que tinha esta enfermidade eram dores de cabeça, febre alta e fadiga.

Por outro lado, Gerson Condor afirma que não teve nenhum sintoma e que descobriu que sofria de hipertensão arterial quando foi ao médico para fazer um check-up geral. No entanto, ele diz que teve uma intuição de que tinha essa doença por causa de seu histórico familiar. 

Existe cura para as doenças cardíacas ou elas são apenas tratadas?

De acordo com a OMS, estima-se que 17,9 milhões de pessoas morrem de doenças cardiovasculares anualmente no mundo.

Marchan afirma que “no que diz respeito às cardiopatias congênitas, algumas têm solução cirúrgica ou mesmo tratamento, mas as cardiopatias isquêmicas, hipertensivas e outras só podem ser tratadas”.

Gerson comenta que sua enfermidade não tem cura, de modo que qualquer descuido de sua parte pode ter consequências graves para sua saúde. Para controlar sua doença, o médico lhe receitou um medicamento chamado losartan, além de atividade física. “Receitaram-me que tomasse o medicamento uma vez por dia, além de uma alimentação mais saudável e atividade física”, relata.

Como prevenir as doenças do coração

Marchan aconselha a prática do ADELANTE (no português significa adiante), um acrônimo  usado no Peru para se referir ao uso dos oito remédios naturais: Ar fresco, Descanso, Exercício, Luz solar, Água, Nutrição, Temperança e Esperança. Segundo ela, ao praticar o ADELANTE, as probabilidades de contrair uma doença cardíaca serão reduzidas e, para quem já tem alguma doença, o risco de agravamento é reduzido.

Nemesia diz que, desde que descobriu sua doença, fez mudanças no seu estilo de vida. Ela reduziu o consumo de sal e carboidratos, mas, devido à sua idade e condição física, é difícil se exercitar. No entanto, seu médico recomendou certos exercícios para que ela se mantivesse um pouco ativa.

“As mudanças no estilo de vida não só ajudam a prevenir doenças cardíacas, mas também a evitar complicações de doenças existentes”, afirma a Dra. Marchan. 

You may also read!

Dengue e Covid: os diferentes sintomas das doenças

Febre e dor de cabeça são sintomas comuns, e especialistas apontam quais devemos nos alertar.  Davi Sousa O Brasil

Read More...

Como as microssonecas afetam nossa saúde

As “inofensivas” sonecas que duram apenas segundos podem significar uma péssima rotina de sono. Nicoly da Maia As microssonecas

Read More...

Governo lança programa com investimentos de R$ 700 milhões para Amazônia

A parceria com 70 municípios prevê a redução de desmatamentos e incêndios zero até 2030 na Amazônia. Elinelma Vasconcelos

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu