Maquiagens de Halloween atraem público na internet

In Cultura, Geral

Vídeos curtos de transformações de maquiadoras artísticas se popularizam.

Gabrielle Ramos Venceslau

Com o Halloween se aproximando, a busca por referências de maquiagens para a data crescem.  Algumas maquiadoras têm inspirado seus seguidores com pinturas artísticas por meio de fotos ou vídeos curtos postados em redes sociais. Com a popularização desse tipo de conteúdo, elas garantem fonte de renda ao produzir maquiagens em seus próprios rostos ou em clientes. 

O dia das bruxas, comemorado todos os anos em 31 de outubro, é uma festa tradicional nos Estados Unidos. Contudo, no Brasil, a comemoração não é tão comum, mas vem ganhando popularidade com eventos promovidos por famosos, como bailes e festas. Por esta razão, pessoas se preocupam em decidir a roupa e pensar na combinação da maquiagem, que muitas vezes acaba sendo o foco principal da fantasia. 

Características como a presença da cor preta, uso de cores marcantes para os lábios e olhos, manchas imitando sangue ou símbolos que remetem à data comemorada são elementos explorados pelas maquiadoras a fim de expressar o significado do dia.

A popularidade dos vídeos atrai clientes? 

A maquiadora Bea Azevedo, que é formada em Publicidade e aplica o conhecimento sobre marketing digital em seu próprio perfil, explica que ao começar a criar conteúdo para a internet sobre maquiagem, aprendeu que a cada mês ou época do ano, surge uma temática. Por isso, quando chega em outubro, as maquiagens de Halloween se tornam mais populares. 

Maquiagem feita por Giovana Passos. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Aproveitando a temática, Giovana Passos faz maquiagens de Halloween e diz que a quantidade de clientes nesta época do ano é muito maior que nas outras. Além disso, o seu engajamento têm um crescimento exponencial com esses vídeos e fotos. “O pessoal fica ansioso para chegar outubro e eu começar a postar as makes de Halloween de novo”, comenta.

Em relação ao retorno dos seguidores, a maquiadora Ana Beatriz conta que tem bastante interação no perfil. “Eu vejo que meus seguidores curtem muito as maquiagens de Halloween que faço e tudo que trago para o perfil nessa temática”, afirma.

Ela também explica que sempre lê os pedidos dos internautas, o que ajuda no engajamento do perfil. Assim, em datas comemorativas ou quando ocorre alguma festa específica, ela consegue fazer esse tipo de maquiagem em outras pessoas. 

Melody Lanzieri, que faz maquiagens de Halloween desde 2021, mas iniciou no ramo da maquiagem artística em 2019, não possui clientes para maquiagens artísticas. “Costumo ter bastante curtida, muito compartilhamento e salvamento”, explica. Contudo, apesar do engajamento em suas redes sociais, ela não ganha dinheiro com postagens desse tipo de conteúdo. Assim, atua como maquiadora para eventos sociais. 

Diferentemente dela, a maquiadora Stephanie Beloto, que teve seu primeiro vídeo com a temática do Dia das Bruxas viralizado no TikTok em 2020, tem sua atual fonte de renda pautada na produção de conteúdo sobre maquiagem artística. “Gosto de contar histórias através das maquiagens e desde os meus 12 anos sempre gostei de fazer maquiagens no Halloween”, conta. 

Razão da temática chamar atenção

Stephanie, que possui curso profissional em maquiagem pelo Senac, conta que há diversos criadores de conteúdo nesse nicho, por isso, é difícil crescer e chamar atenção. Contudo, por meio das maquiagens de Halloween é possível promover o maior interesse das pessoas pelo conteúdo dela. “Acho que eles [meus seguidores] gostam de ver algo diferente do que uma make comum”, explica. 

Essa opinião é compartilhada por Bea Azevedo, influencer digital que possui perfil focado em beleza: “para você se destacar, você precisa fazer coisas diferentes e ser autêntico! Quanto mais original e do seu jeito você for, mais as pessoas vão querer te assistir”. 

É por isso que Márcia Macena, que possui três certificados de conclusão de curso de maquiagem, foca mais nas maquiagens artísticas atualmente, como as de Halloween. “Comecei em 2020, na pandemia, gravando vídeos em casa e este ano, 2022, comecei a atender clientes. Mas antes, fazia apenas em mim mesma”, comenta a maquiadora que utiliza da profissão para expressar a sua arte. 

Além da maquiagem em si, outros componentes  presentes no conteúdo chamam atenção, como as roupas utilizadas e até mesmo o processo de criação. “Eles acham diferente não só a maquiagem, mas o processo do vídeo, com a dublagem e a atuação também”, complementa Stephanie. 

Origem do interesse por essa temática 

Giovana Passos começou a fazer esse estilo de maquiagem apenas como hobby, no final de 2020, mas ao postar vídeos com suas produções nas redes sociais, Instagram e TikTok, teve uma resposta tão boa do público que começou a ter clientes. “Por não haver muitas maquiadoras aqui em Recife que fazem make artística, o pessoal me procura muito para fazer esse tipo de maquiagem [principalmente nesta época do ano]”, explica. 

A maquiadora Márcia Macena explica que desde  2020 assistia vídeos de maquiadoras estrangeiras fazendo maquiagens artísticas e tentava reproduzir para obter resultados. Após um ano de prática, conquistou o título de profissional e ao produzir conteúdos em suas redes sociais, recebeu apoio fenomenal dos seus seguidores, tanto nos comentários dos vídeos quanto no direct do Instagram. “Eles [seguidores] são minha maior motivação”, confessa.

Ana Beatriz começou a fazer esse tipo de maquiagem em 2019. “Eu gosto muito da época do Halloween, gosto de fazer maquiagens com expressões mais bravas, usar e abusar da massinha de efeitos especiais e me inspirar nos personagens de filmes de terror para ter um resultado mais realista”, relata. Desde 2017 ela costumava se maquiar e adquiriu paixão pela atividade. Em 2018, criou um canal no YouTube para publicar tutoriais, mas apenas em 2020 começou a dedicar mais do seu tempo nas redes sociais e produzir conteúdo com essa temática.

You may also read!

Conheça o benefício do povo

O governo brasileiro dispõe de benefícios sociais à população que são programas de transferência de renda oferecidos pela União

Read More...

Número de médicos no Brasil quadruplica e desigualdade persiste

Relatório reafirma o que muitos já sabem: a desigualdade não é uma preocupação. Lucas Pazzaglini A notícia não é

Read More...

Cerca de 70% dos trabalhadores mentem em seus currículos

De acordo com nova pesquisa de Comportamento de Candidatos a Emprego, foi descoberto taxas altas de mentira no processo

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu