Romelu Lukaku sofre nova lesão e preocupa Seleção da Bélgica

In Copa do Mundo, Esportes, Geral

Lukaku havia sofrido uma lesão em agosto deste ano. Novo problema aumenta preocupações quanto sua participação na Copa do Mundo.

Camilly Inacio 

Jogando atualmente pelo Inter de Milão, emprestado pelo Chelsea, Romelu Lukaku, sofreu uma nova lesão, anunciada pelo time italiano na manhã de segunda-feira (31). O atacante belga de 29 anos passou dois meses parado por conta de uma lesão que sofreu em agosto, e será reavaliado nos próximos dias, ficando de fora do último jogo do Grupo C da Champions League. 

Em agosto o atacante teve diagnosticada uma lesão nos flexores da coxa esquerda. Dessa vez, o clube italiano revelou que Lukaku teve uma distensão destacada na cicatriz miocárdica do bíceps femoral da mesma coxa.

Dias após a lesão de Thomas Meunier, um dos destaques da seleção belga, e faltando exatamente 19 dias para a abertura da Copa do Mundo Catar 2022, a lesão de Lukaku se torna mais uma preocupação ao técnico Roberto Martínez. 

A Bélgica estreia na Copa do Mundo no dia 23 de novembro contra a seleção do Canadá e corre risco de ter dois dos principais jogadores de fora do campeonato Mundial. 

Titular absoluto da Bélgica, o jogador começou sua carreira profissional aos 16 anos, quando participou do time principal do maior clube da Bélgica, o Royal Sporting Club Anderlecht. Ele é uma das maiores revelações do futebol da Bélgica nos últimos tempos e o maior artilheiro da história da seleção, e com a nova lesão não tem previsão de retorno aos trabalhos.

Foto: Reprodução/ Inter de Milão

You may also read!

Dengue e Covid: os diferentes sintomas das doenças

Febre e dor de cabeça são sintomas comuns, e especialistas apontam quais devemos nos alertar.  Davi Sousa O Brasil

Read More...

Como as microssonecas afetam nossa saúde

As “inofensivas” sonecas que duram apenas segundos podem significar uma péssima rotina de sono. Nicoly da Maia As microssonecas

Read More...

Governo lança programa com investimentos de R$ 700 milhões para Amazônia

A parceria com 70 municípios prevê a redução de desmatamentos e incêndios zero até 2030 na Amazônia. Elinelma Vasconcelos

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu