Síndrome de Ramsay Hunt: a doença que afeta o cantor Justin Bieber

In Geral, Saúde

A síndrome é gerada pelo mesmo vírus da catapora e pode causar complicações graves, como a paralisia facial.

Laura Rezzuto

O cantor Justin Bieber surpreendeu a todos no dia seis de setembro ao expor em suas redes sociais o seu atual estado. Segundo a celebridade, os médicos o diagnosticaram com a síndrome de Ramsay Hunt, que mantém parte do seu rosto paralisado. Ao se apresentar no Rock in Rio, no dia anterior, Justin ainda acabou chamando a atenção de seus fãs pelo esforço que parecia estar fazendo para cantar e dançar.

Em suas redes sociais, o cantor, que já tinha a sua agenda cheia, anunciou o seu afastamento temporário dos shows e turnês para que possa cuidar de sua saúde. “Vou usar esse tempo para descansar e relaxar para voltar 100% para o que nasci para fazer. Enquanto isso, eu preciso relaxar para ter meu rosto de volta”, explicou Justin.

O que é a Síndrome Ramsay Hunt?

Segundo a médica neurologista Daryane Santos, a síndrome de Ramsay Hunt é uma doença marcada pela paralisia total ou parcial do rosto, totalmente associada a problemas nos nervos da área da cabeça e pescoço, gerando assim uma face torta, problemas auditivos ou outros sintomas. A síndrome é ainda uma infecção viral, provocada pela reativação de alguns vírus, como o varicela-zóster, que também causa a catapora.

A doença de Ramsay Hunt, na maioria das vezes, acontece quando o vírus atinge os nervos faciais e auditivos. Em alguns casos, como o do artista Justin Bieber, a infecção nessa região provoca paralisia facial.

A médica ainda diz que o estresse e a pressão emocional, quando se juntam em um estado intenso, podem desempenhar um papel de protagonistas dentro deste gatilho. Por isso, ela destaca que a boa imunidade e o controle emocional são fatores que diferenciam as diversas pessoas afetadas pela doença.

Como identificar a doença?

A doutora e fisioterapeuta bucomaxilofacial Mariana Veloso detalha que os sintomas costumam durar de uma a três semanas. “Os principais sintomas são as fortes dores no ouvido e a paralisia dos músculos do rosto. Porém, ainda existe uma lista de sinais que merecem a atenção do público”, explica Mariana. Confira quais são eles:

  1. Dor no ouvido intensa;
  2. Paralisia facial periférica; 
  3. Zumbido no ouvido, audição instável ou hipersensibilidade ao som;
  4. Dor de cabeça;
  5. Tontura;
  6. Desmaios;
  7. No geral, em casos de paralisia facial, a fala também fica alterada.

Existe tratamento?

De acordo com a neurologista, remédios anti-histamínicos e colírios entram como tratamento para que, de modo relativo, possam aliviar as dores, diminuir as tonturas e evitar os outros sintomas.

No entanto, em casos mais agressivos, principalmente os que estão associados às paralisias cerebrais, provavelmente seja preciso um tratamento cirúrgico. “Hoje em dia já existem meios que têm como objetivo aliviar o nervo afetado ou até mesmo substituí-lo, como a inervação dos músculos da face com outros que estejam mais acessíveis. Geralmente, após a cirurgia, existe um acompanhamento fonoaudiológico e fisioterapêutico para que a pessoa possa reaprender a utilizar os músculos do rosto”, finaliza a médica.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

You may also read!

Você conhece a Síndrome de Wendy?

Quando o cuidado excessivo se torna uma armadilha. Nicoly da Maia No dia a dia, muitas pessoas colocam as

Read More...

Enxaqueca aura: entenda como funciona e como tratar

Dentre os três tipos de enxaqueca, a com aura é a que se caracteriza pelas alterações sensoriais.

Read More...

Cidadãos sem registro ainda são problema no Brasil

Cerca de 2.7 milhões de brasileiros não possuem certidão de nascimento. Gabrielle Ramos O registro de nascimento é um

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu