WhatsApp: o maior canal de vendas

In Economia, Geral

Esse aplicativo é o principal canal de comunicação para a maioria dos vendedores do Brasil.

Gabrielle Ramos Venceslau 

Antes o telefone era praticamente o único meio para fazer negociações, hoje há diversas formas de se comunicar com clientes. É nesse contexto que o WhatsApp se encaixa. Segundo a pesquisa Panorama de Vendas, desenvolvida pela RD Station, esse aplicativo é o canal mais utilizado para promover vendas para 86% do país. Dentre as empresas participantes do levantamento, 58% usam o aplicativo de forma ativa e 79% fazem esse uso diariamente.

O estudo ouviu mais de 1.700 corporativas, de diferentes portes e segmentos de todas as regiões do Brasil, e constatou um aumento de 4% em relação à primeira edição. Apesar desse uso constante, apenas 21% delas têm integrado o WhatsApp com o CRM (Customer Relationship Management), plataforma que une as práticas, estratégias de negócio e tecnologias visando ajudar a entender mais sobre o relacionamento com o cliente e a empresa. 

Ferramenta fácil, prática e barata

Com 120 milhões de usuários ativos, o WhatsApp é o aplicativo mais acessado pelos brasileiros, segundo o “Panorama Mobile Time/ Opinion Box – Uso de Apps no Brasil”. Por causa disso, essa ferramenta tem ganhado cada vez mais protagonismo para negociações nos dias de hoje, afinal, os vendedores procuram estar perto dos clientes.

Para o consumidor, utilizar essa ferramenta pode facilitar as negociações. “No WhatsApp, o cliente  que tem interesse no produto ou serviço continua a conversa. E por lá, se necessário, é agendado um horário para fazer uma ligação e explicar melhor todos os detalhes”, comenta Bruno Menezes, vendedor de planos odontológicos, saúde e seguro. 

A consumidora Beatriz Barros, que compra regularmente pelo WhatsApp, explica que por meio do aplicativo o “passo a passo” da compra é mais dinâmico e direto. “Acho mais prático pedir delivery por WhatsApp. Uma das razões é a comunicação mais direta com o fornecedor em relação ao site e, ao mesmo tempo, menos direta que uma ligação”. explica. Além disso, ela enfatiza que as mensagens são menos suscetíveis a erros por mal entendidos, por exemplo. 

“O WhatsApp é muito mais fácil e prático devido a ter menos burocracia e processos de finalização da venda ou compra. Também proporciona atender várias pessoas ao mesmo tempo, independente de onde estiver”, explica Matheus Oliveira, do MS Suplementos Delivery. Além disso, os recursos do aplicativo são disponibilizados de forma gratuita, o que não demanda custo adicional.

Não é só para alimentos

O WhatsApp é muito comum em negociações para pedidos de comida por delivery. Esse é o caso da hamburgueria artesanal GuillaGulla. “É o meio de comunicação mais rápido, pois envia mensagens para grupos e lista de transmissão de forma fluida”, explica Ricardo Berger.  

Apesar disso, esse não é o único produto comum a ser vendido por esse aplicativo. Além de outros itens físicos, o aplicativo também possibilita interação entre clientes e prestadores de serviço. Este é o caso da dentista Ana Paula Molina, que agenda seus atendimentos por meio do WhatsApp. “A grande maioria tem acesso, e nem sempre todos podem atender ligação, e com esse aplicativo podemos enviar mensagem e o paciente responder assim que conseguir”, conta.

WhatsApp mais profissional

Apesar do WhatsApp ser utilizado diariamente para vendas, essas negociações não têm um processo de registro bem-estruturado. Segundo o levantamento, 54% das empresas entrevistadas não têm um processo definido para gestão de informações coletadas via aplicativo. Isso evidencia a falta de profissionalização do aplicativo como canal de vendas. 

Com objetivo de melhorar esse processo de vendas, a maioria dos participantes da pesquisa optam por usar a versão “Business” do aplicativo. Contudo, apenas isso pode não ser suficiente para relacionar os dados corretamente no CRM. Dessa forma, existem muitas plataformas que foram criadas com o objetivo de facilitar o atendimento via WhatsApp no Brasil e melhorar o relacionamento entre o cliente e a empresa. Dentre elas estão a: geobot.org e disparo.io.

You may also read!

Dengue e Covid: os diferentes sintomas das doenças

Febre e dor de cabeça são sintomas comuns, e especialistas apontam quais devemos nos alertar.  Davi Sousa O Brasil

Read More...

Como as microssonecas afetam nossa saúde

As “inofensivas” sonecas que duram apenas segundos podem significar uma péssima rotina de sono. Nicoly da Maia As microssonecas

Read More...

Governo lança programa com investimentos de R$ 700 milhões para Amazônia

A parceria com 70 municípios prevê a redução de desmatamentos e incêndios zero até 2030 na Amazônia. Elinelma Vasconcelos

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu