3 personagens com a sua energia: a importância do autoconhecimento

In Geral, Saúde
Autoconhecimento no instagram

A dificuldade de se identificar com um personagem pode estar ligada a falta de autoconhecimento.

Sâmilla Oliveira 

É comum ver postagens denominadas “trends” nos stories do Instagram. Mas o que é uma trend? O dicionário define como uma tendência do momento, uma moda. A expressão “trendsetter” define a pessoa que começa o movimento ou a “modinha”, como os internautas chamam. Recentemente, a trend “você e 3 personagens com a sua energia” viralizou e deixou muitas pessoas em uma espécie de “crise existencial” na rede. A ideia é escolher três personagens que se pareçam em questão de personalidade com a pessoa que participa da brincadeira. É aqui que surge a dificuldade da trend.

Pessoas como a estudante Laís Leda, de 18 anos, relatam que não conseguiram participar da brincadeira. Laís conta que passou 3 dias tentando pensar em personagens, mas não conseguiu. “Quem eu sou? Por que eu não pareço com nenhum desses milhões de personagens? Por que eu não consigo lembrar de ninguém? Eu não parava de me perguntar essas coisas”, comenta Laís.

Por que será que para alguns, foi apenas uma trend e para outros, uma tarefa impossível? Qual será a relação entre o autoconhecimento e a famosa trend? Descubra abaixo os principais fatores para embarcar na jornada do autoconhecimento.

Analisando a si mesmo 

O ser humano está em constante mudança. O psicólogo Fred Goveia afirma que as pessoas estão o tempo todo evoluindo, aprendendo novos sabores, novos cheiros, conhecendo novas pessoas, lugares e tendo novas experiências. Para ele, o ser humano não é estático, e é por isso que é tão difícil definir com precisão como é cada personalidade. “A principal dificuldade em se conhecer é o fato de que o que eu sou hoje provavelmente vai mudar daqui a pouco tempo”, declara. 

O profissional defende que as pessoas não buscam o autoconhecimento por medo de encarar o próprio eu. Ele declara que o ser humano, além de ter qualidades, também tem traumas, medo e culpa escondidos no fundo do baú da mente. “Mas geralmente nós só damos atenção às coisas boas que somos. O problema é que isso não nos permite ter um objetivo de vida claro”, argumenta o psicólogo.

Para Goveia, quem não se conhece, não sabe o que quer fazer e para onde quer ir. Medos e traumas fazem parte do que cada pessoa é. Ele explica que encarar essas faces ruins ajuda a organizar os pensamentos e os objetivos de forma mais prática e assertiva.

Métodos alternativos de autoconhecimento 

Você já ouviu falar do método MBTI? Essa sigla significa Myers-Briggs Type Indicator e faz referência a uma ferramenta de identificação de traços pertencentes à personalidade e de características e preferências pessoais.  

Esse indicador tem sido usado por empresas a fim de conhecer os perfis de seu pessoal, seja na etapa de seleção ou quando já estão dentro da corporação. Em resumo, é um teste que ajuda a decifrar as principais características de alguém através de um questionário. 

Quando questionado sobre a validade desse tipo de método, o psicólogo Fred afirma que eles podem até ser considerados válidos, mas não são determinantes. Segundo ele, o resultado vai ser relativo. Depende do seu humor no dia do teste e das coisas que aconteceram com você naquela semana. Você provavelmente não vai responder de maneira neutra.  “Nenhum teste de psicologia deve ser usado isoladamente e os resultados não podem ser levado 100% em consideração o tempo todo”, explica. 

Vantagem em encarar medos e traumas?

Perguntas como: “De onde eu vim? Por que me comporto assim hoje? Como posso melhorar? Para onde quero ir?”, são importantes para traçar um rumo. De acordo com Fred, escolher o caminho contrário significa correr o risco de ser a extensão de outras pessoas. É ser qualquer outra coisa, menos você e pode afetar suas escolhas e objetivos. O psicólogo pondera que não ter rumo bem definido é muito perigoso. 

Não parece nada interessante olhar para os cenários mais obscuros da vida e procurar um sentido. Afinal, onde estão as vantagens de mergulhar em uma aventura para dentro de si mesmo? De acordo com a psicóloga Sônia Moreira, o autoconhecimento é uma ferramenta poderosa para fortalecer a sua autoestima, tornando você mais seguro e confiante para enfrentar a vida

Sônia acrescenta que com o autoconhecimento, conseguimos potencializar nossos dons e habilidades. “Tudo isso ajuda na carreira profissional. É assumir quem somos e o que queremos de forma mais segura e sem influências”, ressalta a psicóloga. 

Ela sustenta que ser você mesmo onde quer que você esteja é de suma importância. “É tão importante quanto olhar para sua essência e reconhecer suas virtudes e seus limites desenvolvendo amor e respeito por si mesmo”, comenta. O autoconhecimento traz a confiança necessária para enfrentar problemas como a pressão externa, opiniões alheias, julgamentos e comparação. 

A trend dos três personagens pode até parecer uma brincadeira inocente, mas a complexidade envolvida na escolha das personalidades é de se admirar. 

You may also read!

Dengue e Covid: os diferentes sintomas das doenças

Febre e dor de cabeça são sintomas comuns, e especialistas apontam quais devemos nos alertar.  Davi Sousa O Brasil

Read More...

Como as microssonecas afetam nossa saúde

As “inofensivas” sonecas que duram apenas segundos podem significar uma péssima rotina de sono. Nicoly da Maia As microssonecas

Read More...

Governo lança programa com investimentos de R$ 700 milhões para Amazônia

A parceria com 70 municípios prevê a redução de desmatamentos e incêndios zero até 2030 na Amazônia. Elinelma Vasconcelos

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu