A insegurança da mudança de carreira

In Educação, Geral

A longo prazo, escolher outra profissão traz medo; no entanto, se conhecer e sair da zona de conforto é necessário

Kawanna Cordeiro

Escolher uma carreira para seguir nunca foi uma decisão fácil, no entanto, sempre haverá a possibilidade de escolher outra profissão e isso não deve ser motivo de preconceito. A decisão de mudar de carreira pode vir cercada de dúvidas, mas também de muito autoconhecimento. Segundo o presidente do  Instituto Brasileiro de Coaching, José Roberto Marques, o primeiro passo para alguém que se sinta desconfortável na carreira é se conhecer e descobrir a causa do incômodo. “Mudar de carreira é possível, mas é algo que requer uma análise minuciosa para que o processo não gere novos desconfortos e frustrações”, afirma.

O biomédico Michael Harteman descobriu esse desconforto no terceiro ano da faculdade de biomedicina, mas continuou pois achava que iria se descobrir dentro do leque de oportunidades que a profissão traz. “Logo após a faculdade fui fazer estágio em um laboratório e eu detestava tudo aquilo”, lembra.  A preocupação com o desconhecido e com a opinião dos outros foram os maiores medos de Harteman. “Meu pai já é um senhor de 70 anos, e achou minha atitude totalmente maluca, mas decidi enfrentar. Hoje ele entende que foi o melhor”, conta.

O apoio da família e das pessoas próximas é extremamente necessário nessa situação, aponta Simone. “Muitas vezes, os profissionais que não possuem este apoio adiam a decisão de mudar de carreira e o resultado disso são profissionais insatisfeitos não só no ambiente de trabalho como também na esfera da vida pessoal”, revela.

Michael cursa o segundo ano de jornalismo, aos 32 anos, e se diz satisfeito. “Fiquei um pouco preocupado, mas não a ponto de pensar em desistir. O apoio da família foi fundamental, principalmente da minha esposa”, assegura. Mudanças podem trazer medo e insegurança sim, devido a isso muitos pessoas desistem no meio da mudança com medo do fracasso, explica a psicóloga e coach Claudia Carraro. Ela dá algumas dicas para quem está pensando na hipótese:

– Permita-se vivenciar o processo de mudança;

– Entenda por que quer mudar de carreira;

– Invista em autoconhecimento;

– Pesquise sobre outras carreira e profissões;

– Permita-se aproveitar da jornada que fará no autoconhecimento;

– Converse com pessoas positivas e que você confia;

– Conheça outras pessoas que mudaram e qual foi a jornada delas;

– Planeje a mudança, não tome nenhuma decisão precipitada.

Claudia expõe ainda que as pessoas tem tempos diferentes para mudar. “Algumas mudam rápido, outras precisam de mais tempo, mas é preciso dar o primeiro passo. E, principalmente, para mudar é preciso querer realmente mudar”, aconselha.

*Foto: https://goo.gl/ejnVcB

You may also read!

O alívio da dor pela dor

Um assunto que veio a tona no ano de 2017 foi o suicídio e a depressão, que alarmou pessoas

Read More...

Novembro Azul contribui para prevenção e melhor entendimento sobre o câncer de próstata

Sara Rabite O mês de novembro vem sendo dedicado à conscientização dos homens a respeito do câncer de próstata,

Read More...

Educação financeira

Entender os tipos de investimentos e economizar desde cedo é fundamental para o próprio progresso financeiro Larissa Schimmak Teresa

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu