Em clima de Olimpíadas: atletas entram em reta final de preparação

In Esportes, Geral
Bandeira das Olimpíadas em uma pista de atletismo

Faltando dois meses para as Olimpíadas, atletas aumentam o ritmo dos treinos em meio a pandemia.

Lucas Rafael

Atletas de todo o mundo estão com um único foco: Tóquio 2021. A rotina inclui treinos físicos intensos, preparação técnica e acadêmica. O acompanhamento de especialistas também é uma prioridade para o atleta se preparar para a conquista do tão sonhado ouro olímpico.

Em meio a pandemia e o lockdown, a adaptação virou um pré-requisito para buscar um melhor condicionamento físico na competição. Icaro Miguel, atleta de taekwondo da Seleção Brasileira conta como foi sua experiência. “Assim que eu consegui a vaga olímpica, os centros de treinamentos do Brasil entraram em lockdown, então tivemos que nos adaptar. Alugamos uma chácara em uma ação em conjunto com a confederação da minha equipe e ficamos lá isolados em treinamento por quase seis meses.”

O Comitê Olímpico do Brasil apresentou um programa emergencial de apoio ao sistema olímpico para auxiliar os treinos. Esse projeto tinha como objetivo enviar os atletas olímpicos para a Europa, para assim, retomar os treinamentos de maneira segura e em alto nível.  Hugo Hoyama, técnico da Seleção Brasileira feminina de tênis de mesa, explicou como o projeto o ajudou a passar pela pandemia. “Entre agosto e setembro de 2020 a gente pode ficar um mês treinando em Portugal. Essa experiência, mesmo que por pouco tempo, foi boa para aliviar a cabeça, depois de ficar só treinando em casa. Aproveitamos muito bem o tempo em que estivemos lá”, comentou.

Protocolos dos Jogos Olímpicos 

Apesar de médicos e especialistas serem contra a realização do evento, autoridades esportivas e o governo japonês decidiram manter os jogos. Em uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa de Imprensa do Japão mostrou que a população teme a realização por conta da segurança sanitária.

A partir da pesquisa realizada, o Comitê Olímpico Internacional tem criado medidas de restrições para que o torneio aconteça. Uma das restrições é a proibição de torcedores estrangeiros, a medida foi tomada para evitar que variantes da Covid-19 cheguem ao país.

O primeiro dia de revezamento da tocha olímpica não será aberto ao público, mas haverá transmissão online, dessa maneira o momento mais marcante das olimpíadas seguirá normalmente, o fogo percorrerá o país sem risco de contaminação.

You may also read!

Conheça o benefício do povo

O governo brasileiro dispõe de benefícios sociais à população que são programas de transferência de renda oferecidos pela União

Read More...

Número de médicos no Brasil quadruplica e desigualdade persiste

Relatório reafirma o que muitos já sabem: a desigualdade não é uma preocupação. Lucas Pazzaglini A notícia não é

Read More...

Cerca de 70% dos trabalhadores mentem em seus currículos

De acordo com nova pesquisa de Comportamento de Candidatos a Emprego, foi descoberto taxas altas de mentira no processo

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu