Projetos sociais da ADRA são notados por autoridades do Governo do Equador

In Geral, Saúde
ADRA do Equador contribuiu com pessoas carentes durante a pandemia.

David Freire

Com sede na cidade de Guayaquil, no Equador, a Agência  Adventista de  Desenvolvimento e Recursos Assistenciais, a ADRA, conhecida por realizar projetos sociais  para ajudar os flagelados de guerras e desastres naturais no mundo, nos últimos 4 meses deste ano, colocou à disposição aproximadamente 2 mil kits de alimentação e higiene pessoal para cobrir as necessidades básicas de pessoas carentes atingidas  pela pandemia da Covid-19.

Desde o início da pandemia a ADRA tem atuado por meio de  diferentes programas para ajudar com a  doação de alimentos, cisternas de água e criação de  restaurantes  para diferentes cidades do País. Segundo Javier Espejo, diretor oficial, diz que “Cada evento foi preparado pela instituição em convênios firmados pelas autoridades do Governo e doações internacionais. 

Nas principais cidades de Guayaquil e Quito, a instituição trabalhou com  autoridades governamentais  para combinar pactos sociais de caridade a favor das famílias afetadas pela pandemia. Alexandra Rivadeneira, Subdiretora Municipal de Projetos e Cooperação, declara que “Para executar o acordo com a ADRA-Equador, ela coordenou as atividades com várias autoridades do Conselho Portenho”.  

Entre os beneficiários estão famílias com crianças de até 5 anos com algum tipo de deficiência, gestantes atendidas em centros municipais e, também, àquelas que aceitaram o acordo de parto gratuito. Maritza López, moradora de Guayaquil, conta que se sente agradecida pelas doações realizadas em seu bairro, “especialmente às autoridades da ADRA por se manifestarem na situação mais difícil da pandemia. Desejo sucesso à instituição”.

 

You may also read!

Um em cada cinco adultos sofre com cansaço diário

Mulheres são mais propensas a sentirem fadiga excessiva, segundo estudo. Sara Helane Um em cada cinco adultos sofre de

Read More...

Naturalização no Brasil dispara desde 2010

Em 2023 mais de 10 mil pedidos de naturalização foram deferidos. Maria Eduarda Tomaz  O número de processos de

Read More...

Indústria de beleza para crianças gera polêmica nas redes sociais

Vídeos na Internet apontam prejuízos físicos e emocionais em crianças que consomem produtos estéticos não fabricados para sua faixa

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu