Oscar 2023: acompanhe a cobertura

In Cultura, Geral

Acompanhe a maior noite do cinema em tempo real

00h33 – Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo ganha o prêmio de Melhor Filme. É o sétima estatueta do longa-metragem no Oscar. Quebrando paradigmas, o longa trouxe o conceito do multiverso de maneira poética e diversificada. Com um elenco talentoso, a produção surpreendeu e conquistou o coração de todos com sua dramaturgia singular.

00h28 – Michelle Yeoh ganha o prêmio de Melhor Atriz por sua performance em Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo. Ela é a primeira pessoa asiática a ser indicada e a vencer na categoria. Yeoh dedicou seu prêmio aos “garotos e garotas que se parecem com ela” e às mulheres, que “não devem deixar ninguém lhes dizer que sua melhor época passou”.

00h22 – Brendan Fraser ganha o prêmio de Melhor Ator por sua performance em A Baleia. Ele passou por um período conturbado: por alguns anos, sua carreira havia caído no obscurantismo, mas, com o longa de Darren Aronofsky, voltou a brilhar nos holofotes. Ele era um dos favoritos para a categoria e não surpreendeu ao levar um dos maiores prêmios da noite com sua performance já premiada por outras agremiações.

00h12 – Daniel Kwan and Daniel Scheinert (Os Daniels) ganham o prêmio de Melhor Direção pelo filme Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo. Nos discursos, Scheinert celebrou o amor à criatividade, enquanto Kwan complementou com uma celebração à sua família de imigrantes. Essa é a segunda estatueta dos Daniels na noite e a quinta do filme.

00h09 – Paul Rogers ganha Melhor Edição pelo trabalho no filme Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo. O filme era um dos favoritos para a categoria por explorar diferentes tipos de técnicas. Rogers agradeceu a todos da equipe pelo incrível trabalho que conquistaram.

00h – Lenny Kravitz canta “Calling All Angels” para celebrar os membros da Academia que faleceram no último ano, como o ator Robbie Coltrane, o diretor Jean-Luc Godard, o compositor Vangelis e as atrizes Angela Lansbury e Mary Alice. John Travolta chamou Kravitz ao palco. Ele estava visivelmente emocionado. Sua parceira de cena em Grease – Nos Tempos da Brilhantina, Olivia Newton-John, faleceu em 2022 e foi homenageada.

23h57 – A Melhor Canção Original do ano é “Naatu Naatu”, do filme RRR: Revolta, Rebelião, Revolução. A música foi composta por M.M. Keeravaani e Chandrabose. No discurso, a Índia foi celebrada através de uma música “improvisada” por Chandrabose. “Naatu Naatu” virou trend em aplicativos como o Tik Tok.

23h54 – O Oscar de Melhor Som vai para Mark Weingarten, James H. Mather, Al Nelson, Chris Burdon e Mark Taylor, de Top Gun: Maverick. O clássico renascido dos anos 80, Top Gun: Maverick teve a maior bilheteria de 2022. Muitos dos sons da trama foram produzidos do zero.

23h45 – Sarah Polley, de Entre Mulheres, ganha o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado. Ela também é a diretora do longa, que concorre ao prêmio de Melhor Filme. Entre Mulheres é baseado no livro Women Talking, da canadense Miriam Toews. A trama é baseada na luta de mulheres para conciliar sua fé com a realidade em uma colônia isolada onde as agressões contra elas são constantes.

23h41 – Daniel Kwan and Daniel Scheinert (Os Daniels) ganham o prêmio de Melhor Roteiro Original pelo filme Tudo em todo lugar ao mesmo tempo. Em um discurso inspirador, Daniel Kwan se emocionou ao apontar as pessoas que acreditaram em sua carreira como cineasta. Esse é o primeiro Oscar dos roteiristas, que também são diretores do filme.

23h30 – Rihanna subiu ao palco do Oscar e cantou a canção “Lift Me Up”, do filme Pantera Negra: Wakanda para Sempre. Ela foi composta para homenagear Chadwick Boseman, protagonista do primeiro filme da franquia (Pantera Negra), cuja morte precoce em 2020 gerou comoção entre fãs e colegas de trabalho.

23h25 – Joe Letteri, Richard Baneham, Eric Saindon e Daniel Barrett ganham o prêmio de Melhores Efeitos Visuais pelo trabalho em Avatar: O Caminho da Água. Eles agradeceram ao diretor James Cameron, às suas famílias e a toda equipe que trabalhou com a produção de efeitos visuais. O primeiro filme da franquia, lançado em 2009, foi inovador para o cinema.

23h13 – A Melhor Trilha Sonora do ano é de Volker Bertelmann, para o filme Nada de novo no front. O alemão também é conhecido pelo nome artístico Hauschka. Essa é sua primeira estatueta.

23h09 – Christian M. Goldbeck e Ernestine Hipper, de Nada de novo no front, vencem por Melhor Design de Produção. Ambos agradeceram às famílias e à equipe de trabalho.

22h58 – Lady Gaga apresenta a música Hold My Hand, de Top Gun: Maverick.

22h54 – The Boy, The Mole, The Fox and The Horse, de Charlie Mackesy e Matthew Freud, vence o prêmio de Melhor Animação Curta-Metragem.

22h52 – The Elephant Whisperers, dirigido por Kartiki Gonsalves e Guneet Monga, ganha a estatueta de Melhor Documentário Curta-Metragem. Kartiki agradeceu às comunidades indígenas. Elas foram a inspiração do curta, que mostra como um casal do sul da Índia se dedica a cuidar de um bebê elefante.

22h43 – Nada de Novo no Front, da Alemanha, ganha o prêmio de Melhor Filme Internacional. O diretor do filme, Edward Berger, expressa gratidão ao elenco e a toda equipe envolvida.

22h30 – A canção “Naatu Naatu”, do filme RRR: Revolta, Rebelião, Revolução é apresentada. Ela é a primeira música em uma linguagem indiana a ser indicada ao prêmio de Melhor Canção Original.

22h28 – Ruth Carter ganha o prêmio de Melhor Figurino pelo filme Pantera Negra: Wakanda Para Sempre. Ela agradeceu à Academia por reconhecer a “heroína que é uma mulher negra”. Em 2019, Carter foi a primeira mulher negra a ganhar uma estatueta na categoria, por Pantera Negra. Entre os agradecidos no discurso estão sua mãe, que morreu recentemente aos 101 anos, e Chadwick Boseman, protagonista do primeiro filme da franquia, que faleceu em 2020.

22h19 – Adrien Morot, Judy Chin e Annemarie Bradley, de A Baleia, ganham o prêmio de Melhor Maquiagem e Cabelo. A produção chegou a usar 130 kg de próteses e gastou mais de 6 horas todos os dias para produzir o ator Brendan Fraser. Essas próteses foram criadas por meio de escultura digital e uma impressora 3D pelo artista Adrian Morot. Durante o discurso, Morot agradeceu ao diretor, a produção, a academia e ao “incrível ator”.

22h09 – Son Lux é acompanhado de Stephanie Hsu e David Byrne na performance de “This is a Life”, de Tudo em todo lugar ao mesmo tempo.

22h07 – James Friend, de Nada de novo no front, é o vencedor de Melhor Fotografia. Ao receber a estatueta, agradeceu a família, aos colegas de trabalho e ao diretor Edward Berger. “O trabalho de vocês é único e me inspira”, afirmou.

21h56 – An Irish Goodbye ganha a categoria de Melhor Curta Metragem em Live Action. O filme é estrelado por James Martin, Seamus O’Hara, Paddy Jenkins e Michelle Fairley. Ele conta a história de dois irmãos que se reencontram após a morte prematura da mãe.

21h52 – Navalny é o Melhor Documentário do Ano. O longa acompanha Alexei Navalny, líder de um movimento de oposição russa, que sobreviveu a uma tentativa de assassinato por envenenamento por um agente secreto em agosto de 2020.

21h40 – Diane Warren e Sophia Carson cantam “Applause”, indicada a Melhor Canção Original.

21h38 – Jamie Lee Curtis, também de Tudo em todo lugar ao mesmo tempo, vence o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante. A atriz dedicou o prêmio a toda a equipe do filme, sem conseguir conter as lágrimas. Seus trabalhos mais conhecidos são em filmes de terror, especialmente na série de filmes “Halloween”.

21h32 – Ke Huy Quan, de Tudo em todo lugar ao mesmo tempo, vence o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante. Ele, que foi o astro mirim de Indiana Jones: Os Caçadores da Arca Perdida, desistiu da atuação por quase 20 anos após não conseguir trabalhos em Hollywood. Tudo em todo lugar ao mesmo tempo foi seu retorno como ator.

21h20 – Pinóquio por Guilhermo del Toro vence o prêmio de Melhor Animação. O filme, distribuído pela Netflix, foi produzido com a técnica de stop motion. A animação demorou cerca de 15 anos para ser finalizada.

21h – O apresentador Jimmy Kimmel dá início à programação. Ele faz uma menção honrosa ao diretor Steven Spielberg, primeira pessoa a ser indicada ao prêmio em seis décadas diferentes, e ao compositor John Williams, o segundo mais indicado da história do Oscar (o primeiro é Walt Disney).

20h53 – Estrelas como Jessica Chastain (vencedora do prêmio de Melhor atriz no ano passado), Dwayne “The Rock” Johnson, Jamie Lee Curtis e Austin Butler (ambos indicados a prêmios) já passaram pelo tapete vermelho.

You may also read!

Como as microssonecas afetam nossa saúde

As “inofensivas” sonecas que duram apenas segundos podem significar uma péssima rotina de sono. Nicoly da Maia As microssonecas

Read More...

Governo lança programa com investimentos de R$ 700 milhões para Amazônia

A parceria com 70 municípios prevê a redução de desmatamentos e incêndios zero até 2030 na Amazônia. Elinelma Vasconcelos

Read More...

A luta de Duna contra a inteligência artificial

Saga de Duna, escrita por Frank Herbert, mostra superação das máquinas e da inteligência artificial em favor da humanização

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu