Skincare além da estética

In Geral, Saúde

Além de manter uma pele bonita, o cuidado diário é necessário para manter a saúde.

Camilly Inacio

Uma imagem que mostra a diferença entre a pele do rosto e do pescoço de uma idosa de 92 anos viralizou na internet. O motivo? Ela usava protetor solar há 40 anos, mas apenas no rosto, e a foto mostra o quanto o pescoço foi prejudicado pelo sol, em comparação ao que foi protegida pelo filtro solar. 

Essa imagem se tornou uma alerta para a importância do uso de protetor solar, e do cuidado com a pele para prevenção do envelhecimento precoce, entre outras consequências. Esse cuidado tem sido um assunto frequente entre as pessoas e tem se popularizado cada vez mais.

A famosa skincare, que em tradução literal significa “cuidados com a pele”, tem se tornado um hábito comum entre as pessoas. Muitas compartilham suas rotinas, bem como o progresso da pele nas redes sociais para incentivar outras pessoas e o consumo de tais tipos de produtos tem aumentado.

Hábitos prejudiciais podem afetar a saúde

No entanto, ter uma pele bonita e saudável vai além da estética. A Dermatologista Thatiana Blumenberg, que atua na parte clínica e estética, conta que o cuidado com essa parte do corpo é fundamental para a saúde.

A Dra. aponta alguns hábitos que podem são importantes. “Se expor ao sol entre 10-16h, ter contato com a poluição extrema, má alimentação, tabagismo e álcool em excesso são extremamente prejudiciais à pele, além de serem fatores facilitadores de alergias, sensibilidade e poderem levar ao câncer de pele” adverte Thatiana.

Para um cuidado básico e eficiente, a dermatologista esclarece que a “limpeza com um sabonete adequado, uso de filtro solar e hidratante diariamente são essenciais para manter uma pele viçosa e cheia de saúde.”

Para uma rotina eficiente não precisamos de muitos cosméticos. “Basicamente, um produto para limpeza como sabonete ou espuma facial, um bom hidratante que pode conter ativos específicos para o tipo de pele, e um protetor solar. Esses 3 itens são fundamentais para manter a pele saudável e protegida”, de acordo com Ludmila Mariano, pós-graduada em Cosmetologia

O uso de produtos é necessário para uma boa higiene, e a falta de tais cuidados pode acarretar problemas como ressecamento, trazendo sensibilidade e envelhecimento precoce, a até doenças como manchas e câncer de pele, cita Ludmila.

Produtos naturais x produtos não naturais 

A diferença entre os produtos convencionais para os naturais está na origem dos ingredientes. “Enquanto os convencionais podem ter ingredientes sintéticos, os cosméticos naturais precisam ser fabricados com derivados de insumos naturais, passando apenas por processos físicos e químicos permitidos para a “química verde”, explica a cosmetóloga.

Ela observa que a origem não necessariamente torna um mais eficiente que o outro, mas ao comparar óleos como o mineral (não natural) e o vegetal (natural), o primeiro não será absorvido pela pele, ou seja, não terá um cuidado eficiente, pois a pele possui uma barreira de proteção que não permitirá a permeação. 

Já o óleo vegetal, será “reconhecido” pela nossa pele, conseguindo ter uma propriedade ativa devido a compatibilidade, trazendo diversos benefícios e hidratação da pele. Mas o que faz do cosmético natural melhor não é apenas suas eficiências, mas natural melhor, e sim o que está atrelado a ele como a preservação do meio ambiente, com uma produção limpa e sustentável.

Como funciona a fabricação de produtos para pele?

Sobre a fabricação de produtos para o cuidado da pele, a cosmetóloga Ludmila expõe: “Primeiro fazemos uma pesquisa sobre os problemas a serem resolvidos, e quais ingredientes trazem tais benefícios com eficiência.”

Tratando-se de produtos faciais, os cosméticos precisam ser mais suaves, pois a pele do rosto é mais sensível. Caso os agentes utilizados sejam mais agressivos, a pele pode ficar defasada, trazendo desidratação e provocando outros problemas, de acordo com Ludmila.

O cuidado com a pele e a autoestima

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), os brasileiros têm cuidado mais da pele desde o início da pandemia. Os dados apresentaram um aumento de 21,9% na venda de produtos para skincare e 161,7% de aumento nas vendas de produtos deste segmento.

A universitária Larissa Dorl começou essa rotina no início de 2021 e assume que, além dos benefícios citados, esse hábito é importante para a autoestima. Quando a pele é bem cuidada, a beleza é realçada, e o fato de separar um tempo para isso, mesmo que pequeno, é uma demonstração de amor e cuidado para si mesmo, segundo Larissa.

A estudante conta que começou com dois ou quatro produtos comprados em uma farmácia, e o que começou como uma obrigação para ela. “Depois de uns meses se tornou um hobbie pra mim, e hoje em dia não consigo viver meu dia ou dormir bem sem tirar esse tempinho pra mim!”, assume Larissa.

Larissa Dorl ainda relembra a importância de procurar um profissional para saber quais são os produtos ideais para seu tipo de pele, e quais são os cuidados necessários de acordo com o estado da mesma. Ela ressalta que a recompensa dos cuidados corretos é certa e gratificante.

You may also read!

Os encantos históricos de Siwa: uma alternativa tranquila aos destinos turísticos tradicionais

Paula Orling O Egito é famoso por suas atrações turísticas tradicionais que enchem os olhos dos visitantes. Realmente é

Read More...

Como são medidos os terremotos?

Os sismógrafos são os instrumentos que registram as ondas sísmicas provocadas pelo movimento das placas tectônicas. Davi Sousa Dois

Read More...

Você conhece a Síndrome de Wendy?

Quando o cuidado excessivo se torna uma armadilha. Nicoly da Maia No dia a dia, muitas pessoas colocam as

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu