Crossfit, Hiit e Spinning não são para todo mundo

In Esportes, Saúde

Essas atividades físicas são consideradas de grande esforço e devem ser liberadas por médico

Kawanna Cordeiro

Profissionais advertem que atividades como Hiit (High Intensity Interval Training), o Spinning, famoso nas academias, e a “febre” do momento, o Crossfit, são atividades que exigem muito do corpo e precisam de liberação médica para ser praticadas.

Um estudo intitulado The nature and prevalence of injury during CrossFit training (ou, em tradução livre: A predominância e os tipos de lesões durante treinos de CrossFit), foi publicado em novembro de 2013 no Journal of Strength and Conditioning Research Publish Ahead of Print e mostra que as lesões de ombro e coluna são as mais comuns entre os praticantes. A análise mostra que entre 132 adeptos do esporte, 73,5% sofreram algum tipo de lesão. Desses, sete precisaram de algum tipo de cirurgia. “Qualquer atividade ou exercício físico é importante um acompanhamento multidisciplinar com médicos, educadores físicos e nutricionistas”, alerta o educador físico Euller Carvalho. Ele ainda ressalta que só com uma liberação médica a pessoa terá resultado garantido sem colocar a saúde em risco.

O estudante André Takimoto pratica Crossfit há quase dois anos. “Eu gosto e sempre pratiquei atividades físicas. Escolhi o Crossfit porque é muito completo, envolve aeróbico e musculação”, conta. “Toda vez que começo alguma atividade diferente eu passo no médico, com o Crossfit não foi diferente” afirma. Ele lembra que a prática mexe com o corpo todo e é importante conhecer os próprios limites. “Ele é um treinamento de alta intensidade, extremamente perigoso pra quem não faz da forma correta e procurar um médico é fundamental” ressalta.

O cardiologista Fabio Tuche alerta as pessoas que já possuem um histórico ficarem atentas antes de iniciar a prática. “Pessoas que estão totalmente sedentárias ou com doenças estabelecidas como osteoarticulares ou cardiovasculares, dor no peito, desmaios e falta de ar também devem procurar um médico antes de iniciarem os exercícios físicos”, defende. Carvalho aponta que exercícios com intensidade moderada podem trazer os mesmos benefícios para o corpo, sem exigir tanto dele. “Qualquer benefício será alcançado com o equilíbrio alimentar e dedicação à prática de atividades, independente da atividade escolhida” diz. Ele ainda aconselha que as pessoas procurem aquelas atividades que tragam mais prazer e que terá mais assiduidade.

A prioridade sempre deve ser o cuidado com a saúde. “O mais importante é realmente sair do sedentarismo, iniciando uma atividade física aeróbica com aumentos de intensidade gradativos e respeitando a individualidade de cada pessoa”, instrui Fabio. E, se ao praticar algum exercício físico sentir dor ou mal-estar, o conselho dos profissionais é parar a prática e procurar ajuda médica.

*Foto: https://goo.gl/f3MR1K

You may also read!

Atenção vestibulando MEC anuncia novas mudanças no Enem 2018

Candidatos terão 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo dia entre outras mudanças Kawanna Cordeiro Em

Read More...

Conheça os seis melhores museus do Brasil

Para quem acha que no Brasil não tem cultura, conheça os melhores museus para  visitar no dia Internacional dos

Read More...

Cinco cuidados especiais que devemos ter com os olhos

Os olhos são conhecidos como janelas da alma e são responsáveis por boa parte daquilo que percebemos como mundo.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu