Dólar chega a atingir R$4,74, o menor preço desde 2020

In Economia, Geral

O investimento estrangeiro dentro do Brasil nesses últimos 3 meses, já ultrapassou o do ano anterior inteiro.

Ana Beatriz Toyota

O dólar comercial marcou o valor de R$4,74 nesta sexta-feira (25). Esta é a oitava queda consecutiva, e faz com que o Real seja a moeda mais valorizada em relação ao dólar até o momento. Com mais essa baixa, a moeda acumula um total de queda de 14,86% só neste ano.

As tensões no Leste Europeu e o consequente aumento do petróleo colaboraram para o interesse exterior. Todo esse aumento brusco da valorização do real, mantém a dúvida sobre o melhor momento para viajar ou comprar o dólar comercial, ainda mais em ano de eleições, onde seu valor é instável.

Tensões que favorecem a queda do dólar

Os conflitos entre Rússia e Ucrânia agitaram as economias mundiais abrindo sanções e embargos contra o país de Vladimir Putin. Esses “bloqueios” comerciais promovidos pelos EUA e toda a Europa, aumentaram as preocupações sobre o desabastecimento e altos reajustes de preço do petróleo. O barril do tipo Brent, usado como modelo mundial, chegou a ultrapassar os US$120. 

Além disso, as bolsas europeias estão em queda. Mediante os temores da escassez de commodities, o mundo econômico pôs em prática o princípio de “oferta e demanda”, pois em meio a essa procura impulsionaram-se os preços de produtos como o milho, trigo e petróleo. Sob essa perspectiva, países considerados menos vulneráveis às tensões políticas e que exportam esses produtos, (como o Brasil) têm sido mais procurados.

Impactos na economia brasileira

O dólar atua diretamente no preço das importações que chegam no Brasil, assim como no valor das viagens ao exterior, ou seja, o preço de toda mercadoria que vem do exterior é elevado caso a moeda norte-americana aumente.

O impacto nacional refletiu em promessa dos órgãos governamentais. De acordo com a equipe do Ministro da Economia, Paulo Guedes, o principal objetivo é contribuir na diminuição da inflação no Brasil.

O economista Matheus Santos, declara que “o impacto principal dessa queda será no custo dos insumos, tanto da indústria, quanto dos itens de consumo.” Ele acredita que a queda exagerada do dólar tende a parar por conta da expectativa do aumento de juros nos EUA, o que irá atrair investidores. 

Essa é a melhor época para comprar a moeda?

Por conta da baixa significativa no dólar, a qual não se via há muitos anos, especialistas afirmam que o investimento agora pode ser uma boa alternativa. O economista Felipe Silva explica que “é um bom momento para comprar dólar, pois estamos num ano em que a volatilidade cambial vai ser intensificada com os rumos da eleição. Não acho que conseguiremos sustentar o patamar desse câmbio por muito tempo.”

As eleições de fato representam uma grande instabilidade no valor do real no exterior. Por isso, é interessante o investimento prévio enquanto o Brasil ainda atrai a atenção de investidores do exterior. 

You may also read!

Dia dos Pais é comemorado neste fim de semana

8 ideias para você comemorar o Dia dos Pais com o seu paizão

Saiba como celebrar com seu pai nesse dia especial Lucas Pazzaglini O Dia dos Pais está chegando e talvez

Read More...
Dependentes de Nicotina recebem ajuda do SUS

SUS proporciona campanha de tratamento para dependentes de nicotina

Promovido pelo Ministério da Saúde e Instituto Nacional do Câncer, o projeto visa auxiliar a comunidade dependente por meio

Read More...
Rodada do paulista de Flag Football foi no UNASP

UNASP recebe rodada do Campeonato Paulista de Flag

As partidas de Flag contaram com 16 times no total, nas categorias  masculinas e femininas, movimentando torcedores das equipes

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu