Limeira recebe programa Viagem Literária

In Educação

O evento conta com um bate-papo com o autor Ignácio Loyola, que possui mais de 40 obras publicadas e várias premiações

Kelyse Rodrigues

Nesta quarta-feira (16) acontece o programa Viagem Literária na cidade de Limeira. O projeto pertence ao Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB), que tem por objetivo levar escritores e artistas consagrados para falar sobre personagens e histórias inesquecíveis que estão presentes na literatura brasileira. A programação conta com um bate-papo com o autor Ignácio Loyola, que possui mais de 40 obras publicadas e várias premiações. O evento acontece na Biblioteca Municipal (Parque da Cidade) com entrada gratuita.

O Viagem Literária foi lançado em 2008, já foi prestigiado por mais de 285 mil participantes ao longo dos anos. No ano de 2017 estão programados 360 eventos em 90 cidades, que são separados em quatro módulos: contação de histórias, literatura infantojuvenil, público adulto e escrita criativa, que fica a critério de cada cidade. As oficinas serão realizadas por bibliotecários, profissionais de biblioteca etc, que receberam um material de apoio, orientação técnica, capacitação virtual e presencial para coordenarem o evento.

O programa deseja oferecer protagonismo às unidades do litoral e do interior, onde têm forte presença. Também é objetivo da iniciativa que essas bibliotecas sejam transformadas em centros de convivência para toda comunidade, espaços que ultrapassem fronteiras para ir em busca de leitores e novos frequentadores para espalhar conhecimento. “O objetivo é incentivar a difusão da produção literária, promover diálogos e dinamizar a programação cultural das bibliotecas municipais”, destaca Pierre Ruprecht, diretor-executivo da SP Leituras.

Nesses eventos os escritores são convidados para falar sobre suas obras, seus métodos de trabalho, seus autores preferidos, quais são suas influências literárias, seus interesses e outros assuntos do meio literário. Cada um deles tem total liberdade para falar sobre o assunto que achar mais apropriado para o público presente. “Eu converso com o público falando sobre meu processo de ação, falo de política, romance, crônica e explico como desenvolvo meu trabalho”, aponta Ignácio Loyola.

O autor Ignácio Loyola foi jornalista na cidade de Natal, aos 21 anos foi para São Paulo onde continuou carreira. Publicou mais de 40 obras, entre elas romances, contos, crônicas, viagens, infantis, infantojuvenil e uma peça teatral. Em 2008, ganhou o Prêmio Jabuti Livro do Ano na categoria ficção com o livro O Menino que Vendia Palavras. No ano passado, conquistou o prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras.

*Foto: https://goo.gl/VSG2gr

You may also read!

Insulina em pó chega às farmácias brasileiras

Adalie Pritchard Historicamente injetada, a insulina agora possui outro formato. O novo medicamento inalável chama-se Afrezza e acessa os

Read More...

São Paulo busca normalidade após inundações

Gabriel Buss A cidade de São Paulo amanheceu tentando se recuperar dos estragos deixados pela chuva de ontem. A

Read More...

Brasil deixa status de país em desenvolvimento

Isabella Anunciação Nessa segunda-feira, o Departamento de Comércio dos Estados Unidos comunicou a retirada do Brasil da lista de

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu