A vivência no internato

In Ano Zero

“É um colégio de freira?”. Essa é uma pergunta na maioria das vezes feita pelas pessoas que não conhecem o regime de colégio interno da rede Adventista

João Pedro Fraga

Muitos que não conhecem e acabam vindo indo para o internato estudar ficam se perguntando o que há de interessante nesses colégios para aproveitar. Essa é sempre uma pergunta feita por quem acabou de chegar. Paulo César está há dez anos em internato e diz que foi a melhor experiência da sua vida. “Cheguei em 2009 na Fadminas, vindo de Brasília, sem saber como era, mas com o tempo aprendi e hoje posso dizer que, ao final do ano quando me formar, vai ter sido a melhor experiência que tive na vida”. Confira algumas características do internato que somente pessoas como Paulo César, que vivem em internato, podem experimentar.

1-Práticas de esportes.

Lazer é uma coisa que não vai faltar. Com a presença de muitas pessoas de outras regiões e até países, há uma variedade de esportes e campeonatos para praticar. Se você não se interessar, também tem a opção da caminhada pelo campus e malhação na academia.

2-Eventos.

Em algumas datas do ano, a direção do colégio e o grêmio formado por alunos organizam algumas festas e passeios para que os alunos tenham um dia de diversão, lazer e descanso daquele semestre corrido de estudos.

3-Música e orquestra.

Se você gosta de cantar ou tocar algum instrumento, o colégio te oferece uma variedade de aulas instrumentais e vagas para cantar nos corais do colégio. Caso você tenha o talento mais apurado, pode cantar em algum grupo musical ou tocar na orquestra.

4-Estudantil

Opções de estudo é o que não falta. Se você é do Ensino Médio há grupos de estudo, aulas adicionais, simulados preparativos para o Enem e pré-vestibular para treinar. Na faculdade temos um leque de cursos, palestras, oficinas, entre outras variedades para estudos.

5-Crescimento pessoal.

Crescer como pessoa é o desejo de muita gente e o colégio interno te proporciona isso. Ao deixar sua casa e seus pais, você acaba tendo que se virar no bom sentido. Com regras a seguir e horários a cumprir, é possível acumular responsabilidades que precisam ser cumpridas com as próprias forças.

6-Amizades

Quando ocorre a mudança para um internato você acaba deixando seus amigos, mas o colégio oferece uma variedade de pessoas de diversos cidades do Brasil ou até mesmo fora dele.  No internato, novas amizades são feitas e levadas para a vida inteira. A convivência é longa, intensa e desgastante às vezes, mas no final tudo vale a pena.

Para Wallisson Azevedo, o colégio interno tem que ser vivido com intensidade e responsabilidade. “São nove anos de internato e eu acabei me acostumando. Tem que aproveitar tudo que o internato oferece de melhor”, opina o formando em Arquitetura.

You may also read!

Cientistas fazem divulgação no Twitter

Cientistas brasileiros usam o Twitter para popularizar conhecimento especializado

Além de proporcionar entretenimento, o acesso à ciência nas redes sociais auxilia no combate à desinformação. Mariana Santos A

Read More...
Mulher Hulk será lançado hoje.

Mulher Hulk surpreende críticos e batalha pela risada dos fãs

A nova série da Marvel quer resgatar o público com boa atuação e diálogos cômicos. Lucas Pazzaglini A Marvel

Read More...
Continência ao Amor traz reflexões sobre o SUS.

Continência ao amor: o sucesso da Netflix e a celebração ao SUS 

O filme traz reflexões sobre o tratamento de diabetes, o que nos leva a pensar em como o Brasil

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu