Câmara aprova inclusão de terapia assistida por cavalos no SUS

In Geral, Saúde

O texto será enviado para análise do Senado.

Gabrielle Ramos

A Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei (PL) que inclui a equoterapia, também conhecida como terapia assistida por cavalos, no Sistema Único de Saúde (SUS). A matéria será enviada para o Senado e prevê que a prática terapêutica seja realizada após indicação médica, psicológica e fisioterápica.

Caso o texto seja aprovado, as unidades federativas poderão firmar acordos com entidades públicas ou privadas a fim de fornecer o serviço. Para isso, o MS terá 60 dias para regulamentar o tema, que entrará em vigor 180 dias após a data de publicação.

Como funciona

A equoterapia é um método terapêutico-educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência ou necessidades especiais. “Através do cavalo, diversos estímulos sensoriais são proporcionados. Assim, conseguimos ter diversos ganhos cognitivos, mentais, sociais, físicos, emocionais e comportamentais”, explica Thannata Oliveira, coordenadora de Equoterapia do Batalhão da Restauração.

Na prática, uma equipe multidisciplinar composta por terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, psicólogo, fonoaudiólogo, psicopedagogos, educador físico e equitador utilizam o cavalo como agente promotor de ganhos. “Toda a sessão é realizada em cima do cavalo, porém, até lavar, dar comida, passar escova, colocar sela é importante para o praticante”, complementa.

De acordo com o MS, a terapia assistida por cavalos é indicada para pessoas com doenças genéticas, neurológicas, ortopédicas, musculares e clínico-metabólicas; sequelas de traumas e cirurgias; doenças mentais, distúrbios psicológicos e comportamentais ou de aprendizagem e linguagem. 

Mas, os médicos são responsáveis por encaminhar o paciente à terapia. “Por meio da avaliação daquele praticante, a equipe multidisciplinar sabe quais são os praticantes indicados, os contra indicados e os indicados com ressalva”, afirma Pedro Cruvinel, presidente do Equo Espaço, Centro de Equoterapia e Equitação.

Benefícios e importância

A coordenadora explica que a equoterapia proporciona diversos ganhos, como: 

  • Atenção e concentração;
  • Equilíbrio e postura;
  • Socialização e comunicação;
  • Estimulação sensorial tátil;
  • Coordenação motora;
  • Propriocepção corporal (capacidade do corpo de avaliar em que posição se encontra);
  • Percepção visual e auditiva;
  • Independência;
  • Autoconfiança;
  • Autoestima;
  • Fala e linguagem;
  • Desenvolvimento de controle cervical e de tronco.

Dessa forma, a prática terapêutica promove melhorias tanto na área da saúde, quanto na parte social e educacional. “Hoje, dentro do nosso centro, conseguimos ver benefícios em praticantes a partir de três anos até o de 80 anos”, compartilha o presidente do Equo Espaço.

Caso aprovada pelo Senado, a lei pode transformar a vida das pessoas com deficiência. Isso acontece porque o custo para realizar a terapia é alto. “A implementação dessa lei facilita o acesso, amplia as oportunidades e o mais importante, leva qualidade de vida para as pessoas que necessitam dessa terapia”, afirma Thannata.

Outras terapias com animais

Além da equoterapia, existem outras terapias que envolvem interação com animais. “Estudos mostram que a cinoterapia [terapia com cães] pode reduzir a ansiedade e o estresse, melhora o humor e estimula a recuperação física”, expõe a coordenadora.

Outro exemplo é a terapia com intervenção de cavalos. Diferentemente da equoterapia, essa abordagem utiliza os animais para promover direcionamento e regeneração da saúde do paciente. “Os cavalos, pela sua forte sensibilidade de percepção, auxiliam na resolução de conflitos emocionais, nas relações, negócios e a tomar decisões”, explica a terapeuta familiar e de empresarial com intervenção de cavalos, Rafaela Baldissera.

No Eco Espaço, os profissionais também trabalham com outros animais para conseguir estímulos sonoros, sensitivos, visuais e táteis. “Não somente os animais, como todo o meio que eles vivem é muito benéfico”, diz o presidente.

You may also read!

“Memórias Póstumas de Brás Cubas” faz sucesso nos EUA

O livro se encontra em primeiro lugar nas vendas da Amazon de literatura latina após viral na internet. Davi

Read More...

Japão: o centro da convergência cultural entre oriente e ocidente

Série Xógum retrata relações conflituosas no Japão antigo que permanecem preocupações econômicas e políticas no Japão contemporâneo.  Paula Orling

Read More...

ONGs e pessoas se mobilizam para ajudar o Rio Grande do Sul

Produtos de limpeza, galochas e mão de obra são a maior necessidade, afirmam os mobilizadores.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu