Conheça mais sobre as propostas e desafios de Simone Tebet

In Geral, Política
Simone Tebet discursa

Nesta série, traremos algumas informações dos principais candidatos à presidência nas eleições de 2022.

Helena Cardoso

Simone Tebet é a candidata ao cargo de presidente pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Ela foi a primeira mulher eleita prefeita no município de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, e a primeira vice-governadora do estado. Foi também a primeira mulher a presidir o colegiado da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), além de ter sido a primeira a disputar o comando do Senado.

Em 2021, Simone se destacou na CPI da Covid no Senado, abrindo a possibilidade de candidatura. Mesmo não sendo integrante fixa da comissão, participou dos principais depoimentos e criticou fortemente a gestão do presidente Jair Bolsonaro durante a pandemia. Anteriormente, durante sua trajetória política, votou a favor do Impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, da PEC do Teto dos Gastos Públicos, da Reforma Trabalhista e da manutenção do mandato de Aécio Neves, em 2017. Já a respeito do Decreto de Armas do governo, de 2021, que visava facilitar o porte e posse de armas, seu voto foi contrário. 

Propostas

A candidata pauta sua política em quatro eixos principais: o “combate às desigualdades sociais”, o “compromisso com a economia verde”, a “construção de um governo parceiro da iniciativa privada”, e a “transparência, inclusão e combate a todas as formas de preconceito e discriminação”. Suas três propostas mais defendidas são:

  • Privatização de estatais, com o objetivo de gerar mais competição e aumentar a produtividade da economia.
  • Maior investimento federal no SUS, restabelecendo o financiamento gradualmente com a participação da União, além da expansão da telemedicina e telessaúde.
  • Reformas tributárias e administrativas que modifiquem os impostos sobre consumo, criando o IVA e eliminando a regressividade do imposto de renda.

Desafios

Entretanto, sua candidatura enfrenta alguns obstáculos. O maior deles é a falta de conhecimento da população sobre Simone. Mesmo após seu nome ter sido amplamente divulgado durante a CPI, ela ainda não chegou aos dois dígitos na pesquisa Ipec. De acordo com a pesquisa do Ipec divulgada em 12 de setembro, arrecadou 4% das intenções de voto, ficando atrás de Lula, Bolsonaro e Ciro, respectivamente. 

Outra dificuldade da candidata é a falta de apoio dentro do próprio partido, já que, para muitos representantes, a melhor alternativa para vencer Bolsonaro é apoiar Lula já no primeiro turno. Renan Calheiros, por exemplo, senador do Alagoas e integrante do MDB, tentou barrar judicialmente sua candidatura, mas não obteve sucesso.

Quer saber mais sobre os outros candidatos?

Confira mais sobre o Bolsonaro

Confira mais sobre o Ciro Gomes

Confira mais sobre o Lula

You may also read!

Jovens se sentem mais felizes sem o celular, diz pesquisa

Entenda como os adolescentes lidam com o tempo de tela. Luiza Strapassan O uso do celular entre os jovens

Read More...

Programas de exercícios melhoram a qualidade de vida de pacientes com câncer de mama metastático

A atividade física é benéfica para pacientes com câncer de mama avançado, melhorando a qualidade de vida, reduzindo a

Read More...

Hábito de roer as unhas atinge até 30% da população global

Roer as unhas pode parecer uma reação normal ao estresse e ansiedade, mas pode apresentar nocividade à saúde. Eduardo

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu