Cordão de Girassol identifica pessoas com deficiências ocultas

In Cultura, Geral

A Lei que instituiu o símbolo foi sancionada para facilitar o dia a dia dessas pessoas.

Gabrielle Ramos Venceslau 

Uma fita com desenhos de girassóis foi instituída pelo governo federal para identificar pessoas com deficiências ocultas no Brasil. A lei tem como objetivo beneficiar aqueles que têm alguma deficiência que não pode ser percebida imediatamente. Isso facilita o cumprimento dos direitos dessas pessoas, como o atendimento prioritário.

As deficiências não aparentes são as que não são percebidas de imediato. Pois elas não têm sinais físicos que possam identificá-las com facilidade, como é o caso da Síndrome de Down. No entanto, elas podem afetar a interação social, a comunicação, o comportamento e a emoção dessas pessoas. Alguns exemplos são: a surdez, o autismo, transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), dislexia, entre outros. 

Esta medida altera o Estatuto da Pessoa com Deficiência e foi publicada no Diário Oficial da União, um dos veículos de comunicação da Imprensa Nacional do Brasil. Entretanto, o símbolo não substitui a comprovação da deficiência por meio de documentos, caso seja requisitado por autoridades.  

Uma necessidade real

O símbolo do cordão de girassol trouxe benefícios para as pessoas que têm deficiências ocultas ou não aparentes, facilitando o reconhecimento e o respeito aos seus direitos garantidos. “Identificar uma deficiência oculta pode ser difícil se a pessoa não estiver usando o cordão ou outro símbolo de identificação”, explica a psicóloga Marina Mellone.

Helizabethe Guerra, terapeuta ABA e professora especialista em Educação Especial e Inclusiva, conta que, por ser adulta, muitas pessoas não entendem que ela pode ter o Transtorno do Espectro Autista (TEA). “Quando eu colocava o cordão de quebra-cabeça [para pessoas autistas], as pessoas achavam que eu estava colocando em mim para sinalizar que o meu filho é autista”, expõe.

A terapeuta afirma que é muito mais fácil lidar com a questão da deficiência oculta ao usar o cordão do girassol. “Por ele não ser restrito ao uso de um determinado transtorno, nos deu essa maior visibilidade. Então, mudou a vida do meu filho e a minha, que somos autistas”, explica.

Mudança positiva

O cordão de girassol ajuda a evitar transtornos do dia a dia, como ser questionado por estar numa fila preferencial. Também pode auxiliar no transporte e atendimento público. Além disso, pode incentivar a compreensão e respeito das pessoas, promovendo a inclusão social. “Quando as pessoas verem alguém com este símbolo, devem ter atitude de compreensão  e apresentação do suporte necessário, sem questionamentos”, enfatiza a psicóloga.

Entretanto, essa compreensão e empatia somente é possível se as pessoas conhecerem o significado deste símbolo. “Precisamos trabalhar mais a conscientização e dizer o porquê do uso do cordão de girassol. Por isso, sempre falo dele nas minhas palestras e explico por que eu uso”, afirma a terapeuta.

O uso do cordão é opcional e não interfere no exercício dos direitos da pessoa com deficiência oculta. A psicóloga ressalta que, mesmo sem o uso do cordão, é possível observar algumas características, como demonstração de ansiedade ou irritabilidade e dificuldade em entender ou seguir instruções, a fim de ajudar essas pessoas.

Outro tipo

Além do cordão de girassol, também existe o de quebra-cabeça. Esta identificação facilita o atendimento prioritário para pessoas autistas em filas de supermercado, aquisição de entradas PCD em shows, cinemas e eventos, entre outros. “Ele tem função igual ao do girassol, mas voltado para o objetivo de ampliar a visibilidade do TEA e suas subjetividades em ambientes sociais e públicos, oferecendo o suporte necessário, individualmente”, explana Marina.

You may also read!

Como são medidos os terremotos?

Os sismógrafos são os instrumentos que registram as ondas sísmicas provocadas pelo movimento das placas tectônicas. Davi Sousa Dois

Read More...

Você conhece a Síndrome de Wendy?

Quando o cuidado excessivo se torna uma armadilha. Nicoly da Maia No dia a dia, muitas pessoas colocam as

Read More...

Enxaqueca aura: entenda como funciona e como tratar

Dentre os três tipos de enxaqueca, a com aura é a que se caracteriza pelas alterações sensoriais.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu