Inteligência artificial, o futuro das comunicações?

In Ciência e Tecnologia, Geral

Chatbots, aplicações de gestão, assistente pessoal, entre outras funções proporcionadas pela IA são utilizadas por 63% das empresas brasileiras de soluções de dados.

Cristina Levano

Na década de 40, surgiu a ideia de construir uma máquina que conseguiria pensar e agir como o ser humano, dando início a Inteligência Artificial (IA). Com o tempo, essa tecnologia evoluiu e se tornou um uma aliada de muitas empresas e pessoas.

De acordo com uma pesquisa que envolveu as maiores companhias de diferentes países da América Latina, realizada pela NTT DATA Corporation em parceria com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), 69% dos entrevistados destacaram a relevância da inteligência artificial e seu uso como um avanço tecnológico em comparação à anos anteriores, da mesma forma, 58% dos entrevistados destacaram a importância da IA no crescimento da suas empresas.

Além disso, um estudo feito pelo Software de Analytics & Soluções (SAS) mostrou que 63% das empresas que utilizam dados e analytics também utilizam IA, ante uma média de 47% da região. Isso demonstra que a relação entre os comunicadores e a Inteligência Artificial (IA) é cada vez mais estreita e cria novos modos de interagir e receber informação.

IA não é perfeita

Entretanto, o uso dessa ferramenta pode gerar uma série de riscos ou transtornos, pois por ser criada por humanos a IA é suscetível a falhas. Ela depende de dados que podem ser limitados, errôneos e incompletos. A pesquisadora em Inteligência Artificial e cientista de dados, Laura Damaceno, explica que outra situação de risco é o mal uso desta tecnologia.

“Tem pessoas que utilizam a Inteligência Artificial para escrever textos ou artigos e se colocam como autores principais. Outro ponto são as Fake News, a Inteligência Artificial não é imparcial, por isso os desenvolvedores precisam ter cuidado em relação a informação que está sendo passada para a máquina,” declara.

No levantamento da NTT DATA, dois temas surgiram e se destacaram como questões que devem ser refletidas e abordadas em relação ao futuro e à evolução do uso da Inteligência Artificial.

O primeiro ponto diz respeito à ética dessa utilização. As empresas estudadas disseram estar mais preocupadas com a proteção de dados e as questões éticas que envolvem o uso da IA. 

O segundo ponto de reflexão é como implementar a IA de forma estruturada e em larga escala. Entender como industrializar esse recurso será o futuro da otimização e exploração dessa tecnologia ainda em evolução. Várias empresas têm pensado em como implementar MLOps, ModelOps (conjunto de métodos que as empresas implementam para tornar o desenvolvimento de soluções de aprendizado das máquinas mais controlado, produtivo e eficiente) e outros métodos de trabalho para acelerar a adoção de inteligência artificial.

O futuro das comunicações

Por outro lado, Laura afirma que “a Inteligência Artificial pode errar, mas ela vai ter um nível maior de assertividade, analisando um volume mais alto e com mais rapidez os dados.” Além disso, a IA está sendo usada cada vez mais na comunicação para melhorar a eficiência e a eficácia da mesma e fornecer experiências mais personalizadas aos usuários.

Para entender isso, perguntamos diretamente para o Chat GPT, sobre quais seriam os principais benefícios da relação entre o IA e as comunicações, e o app nos forneceu os seguintes exemplos:

Assistentes virtuais e chatbots: A IA cria assistentes virtuais e chatbots que podem fornecer respostas rápidas e precisas às perguntas dos clientes. Esses assistentes virtuais e chatbots podem interagir com os clientes em tempo real por meio de uma variedade de canais de comunicação, como correio eletrônico, bate-papo ao vivo, redes sociais e aplicativos móveis.

Análise de sentimentos e emoções: a IA está sendo usada para analisar sentimentos e emoções em mensagens de texto, correio eletrônico e redes sociais. Isso permite que as empresas entendam melhor como os clientes se sentem sobre seus produtos ou serviços e respondam de maneira mais eficaz às suas necessidades.

Tradução de idiomas: a IA pode traduzir automaticamente as mensagens de texto e as conversas em tempo real em diferentes idiomas. Isso facilita a comunicação entre pessoas que usam idiomas diferentes, o que é especialmente útil em ambientes empresariais e de viagens.

Reconhecimento de voz: a Inteligência Artificial melhora o reconhecimento de voz nas comunicações. Isso permite que os usuários interajam com seus dispositivos por meio da voz, o que é útil em ambientes onde as mãos estão ocupadas ou não podem ser usadas, como no automóvel.

“A Inteligência Artificial está relacionada à forma que as pessoas se comunicam entre si e com as empresas, melhorando a eficiência e a eficácia da comunicação e proporcionando experiências mais personalizadas aos usuários,” encerra Chat GPT.

You may also read!

Dispositivo de computação espacial da Apple é lançado nos EUA

O Apple Vision pro está disponível a partir de 17 mil reais. Diogo Cruz  No último dia 02 de

Read More...

Um em cada cinco adultos sofre com cansaço diário

Mulheres são mais propensas a sentirem fadiga excessiva, segundo estudo. Sara Helane Um em cada cinco adultos sofre de

Read More...

Naturalização no Brasil dispara desde 2010

Em 2023 mais de 10 mil pedidos de naturalização foram deferidos. Maria Eduarda Tomaz  O número de processos de

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu